A cunhada do candidato Roberto Natel, Suzane dos Santos Netto Fuckushima, trabalhou no São Paulo entre 20 de fevereiro de 2008 e 15 de outubro de 2015. Ela foi contratada pelo clube depois que o então vice-presidente social de Juvenal Juvêncio entregou o seu currículo ao setor de contratação sem identificá-la.

O UOL Esporte teve acesso ao documento que informa a contratação da cunhada de Natel, ainda em 2008. No ato da admissão, ela recebia R$ 1.718,08 por mês para atuar como assistente de serviços administrativos. O salário foi aumentando gradativamente e, em seu último ano de trabalho no Morumbi, Suzane recebia mensalmente R$ 3.864,43.

No período em que esteve no clube, além de atuar como assistente de serviços administrativos, a cunhada de Roberto Natel foi Assistente do Projeto Sócio-Torcedor e Supervisora do Projeto Sócio-Torcedor.

A demissão de Suzane dos Santos Netto Fuckushima ocorreu em 15 de outubro de 2015, dois dias após a renúncia de Carlos Miguel Aidar ao cargo de presidente do São Paulo. Natel foi vice do clube também no início da administração de Aidar, mas preferiu renunciar ao cargo depois de se desentender com o então mandatário.

Procurado para falar sobre o caso, ele não quis se manifestar ao UOL Esporte. No entanto, deu entrevista recente ao canal do Sombra, no YouTube, e falou a respeito do tema: “Cunhada não é parente. Lá tem 1.100 funcionários, tem conselheiro que tem gente lá, nunca ninguém soube que era parente minha, eu nunca falei nada”.

UOL

Roberto Natel