O São Paulo voltou a vencer o Flamengo, desta vez por 3 a 0 no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, e garantiu vaga na semifinal da competição. Nos três confrontos contra o time Rubro-Negro, sendo um deles pela rodada do Brasileirão, a equipe comandada por Fernando Diniz aplicou 9 a 2 no placar agregado. O que pode ser considerado uma surpresa, ainda mais levando em consideração o investimento dos dois clubes na temporada.

O Flamengo, atual campeão Brasileiro e da Libertadores, abriu os cofres no início da temporada e gastou cerca de R$ 143,7 milhões com reforços, sendo R$ 76,6 milhões para bancar a compra definitiva e a permanência de Gabigol na equipe. Além do ‘fico’ artilheiro, chegaram Michael (R$ 34,5 milhões), Léo Pereira (R$ 28 milhões) e Pedro (R$ 4,6 mi pelo empréstimo com opção de compra) – Pedro Rocha e Thiago Maia foram contratados por empréstimo e Gustavo Henrique chegou ao clube sem custos.

Ao contrário do Flamengo, o São Paulo investiu ‘pesado’ apenas na permanência do goleiro Tiago Volpi, contratado em definitivo junto ao Querétaro, do México, por R$ 21 milhões. O artilheiro Luciano chegou ao clube através de uma troca com o Grêmio – Everton foi para o clube gaúcho. A permanência definitiva de Vítor Bueno também foi através de uma troca, desta vez, porém, com o Santos em uma negociação envolvendo a ida de Raniel para o time da Vila Belmiro.

Vale destacar que entre os reforços que chegaram ao Flamengo nesta temporada, apenas Pedro conseguiu se firmar na briga por uma vaga entre os titulares. Thiago Maia também ganhou destaque com Domènec Torrent, mas ainda não é titular. Gustavo Henrique, Léo Pereira e Michael jogam com frequência, mas são alvos de críticas da torcida. No caso do Tricolor paulista, Volpi e Luciano são titulares absolutos e indiscutíveis.

FLAMENGO X SÃO PAULO EM 2020:

— Flamengo 1 x 4 São Paulo (Campeonato Brasileiro)
— Flamengo 1 x 2 São Paulo (Copa do Brasil)
— São Paulo 3 x 0 Flamengo (Copa do Brasil)

Torcedores.com