A novela da permanência de Hudson no Fluminense permanece já que eles não tem capital para investir e o São Paulo também não pode contar com o jogador em Janeiro e Fevereiro.

Perto das eleições, o Fluminense propõe manter 75% dos pagamentos dos vencimentos do volante e o SPFC continuar pagando 25% até Fevereiro. Depois, os times já com o Presidente do SPFC eleito definiria a situação.

Hudson quer ficar no RJ. Dificilmente voltará ao SPFC com Diniz e não tem o perfil que se espera para o favorito da eleição, Julio Casares. A expectativa do Fluminense é que ele seja reemprestado mas com isto o Tricolor não receberia nada pois o contrato dele encerra em 2021.

O que você acha, Tricolor?

saopaulo.blog