Um disparo em massa de uma postagem direcionada aos sócios do São Paulo na noite de ontem passou despercebido por muita gente mas o Blog recebeu e automaticamente procurou apurar o ocorrido.

Pois bem, como é prática recente em eleições, as famosas fake news que invadiram contendas eleitorais regionais e nacionais agora estão cada vez mais sendo utilizadas no São Paulo.

Nos últimos dias, até o próprio São Paulo se manifestou a respeito, contrário à ação de propagação de Fake News. Mas, em vão, porque hoje mesmo um disparo de número proveniente da Arábia Saudita enviou aos sócios do São uma fake news cujo conteúdo foi arquitetado e manipulado para desinformar, confundir e enganar. Quem não conhece o caso e está alheio ao fato, é condicionado a ser colocado em posição de dúvida.

No caso, é claríssimo ao se perceber o documento que nenhum dos citados ao menos foi chamado a estar na audiência de interpelação que notem, teve todas as perguntas negadas e desconversadas. Estranho, não? Um rugido no twitter e um miado no tribunal…

Enfim, o que infelizmente constatamos é que estes ataques são obra de quem ataca candidatos e principalmente a instituição quando age e atua neste nível de baixeza.

Por isto, pela covardia de tal ato e ação criminosa, a prática, cada vez mais comum e que envergonha, nos motivou a procurar os citados e principalmente o advogado do caso, Leandro Miranda que emitiu o seguinte parecer sobre o print abaixo:

“Nós estamos processando o conselheiro Lapola autor de diversas ofensas contra inominados conselheiros, o que se busca nesta interpelação é para que o conselheiro Lapola indique a quem ele se referiu nas ofensas, apenas e tão somente isto. Quando as pessoas são ofendidas elas buscam a justiça. Agora ao que parece inventam novas fake News que também serão objeto de outras ações judiciais, pois aquele que causa ofensa deve ser responsabilizado, e é o caso. A notícia veiculada é “1º de abril” (consagrado dia da mentira), não existe confissão nenhuma, inexistindo no mundo real os fatos lá narrados, quem promove Fake News deve e será responsabilizado cível e criminalmente. Lamenta-se o nível que chegou a política do São Paulo Futebol Clube, por esta razão estamos todos juntos pelos São Paulo na chapa grafite.”

Fiquem ligados, o Hacker e essa baixaria ainda tem mais a caminho…infelizmente.

saopaulo.blog