Apesar do jogo com muitos gols na vitória por 3×2 contra o Fortaleza, o comandante são-paulino insistiu que o time é equilibrado e vem ganhando mais coesão com o passar da temporada:

“É uma equipe equilibrada, às vezes corre um pouco de risco por ser muito ofensiva, mas é equilibrada, principalmente no Campeonato Brasileiro. Nos mata-matas tomamos mais gols do que deveríamos, mas em linhas gerais estamos sabendo nos defender em momentos importantes. O maior mérito do meu trabalho é dar coesão para o time, não só da maneira de jogar, mas da maneira que eles se relacionam entre eles. É um time cada vez mais preparado para enfrentar as adversidades”, ponderou.

Gazeta Esportiva