Em um ano que mistura elimina√ß√Ķes traum√°ticas em mata-mata e briga pela lideran√ßa do Brasileir√£o, o S√£o Paulo est√° navegando em um mar de problemas financeiros, agravados pela pandemia do novo coronav√≠rus. Mesmo ap√≥s a realiza√ß√£o de um acordo para reduzir e adiar pagamentos de direitos de imagem, h√° atletas com vencimentos atrasados. O clube tem ao menos quatro contas banc√°rias bloqueadas judicialmente, al√©m de uma folha de pagamento mensal bruta de mais de R$ 12 milh√Ķes.

Os bloqueios aconteceram após ação movida pelo empresário Alexandre Flores Rollin, que cobra R$ 1,2 milhão por participação na contratação de Léo Pelé. Foram bloqueadas pelo menos quatro contas, dentre elas contas de investimento na base através de Lei de Incentivo ao Esporte, contas de receitas da Timemania e outra utilizada para o pagamento de salários.

O S√£o Paulo tenta oferecer uma garantia banc√°ria ‚ÄĒ um documento de uma institui√ß√£o financeira afirmando garantir a d√≠vida ‚ÄĒ para liberar os valores. O clube afirma que o bloqueio pode inviabilizar o pagamento de sua folha salarial bruta, que √© de mais de R$ 12 milh√Ķes ‚ÄĒ a de setembro foi fechada em exatamente R$ 12.305.184,40.

Os bloqueios vêm em um momento no qual a diretoria já enfrenta dificuldades para honrar os compromissos de remuneração. Durante a pausa no futebol por causa da pandemia, um acordo fechado com os atletas previu que parte dos vencimentos de direito de imagem seria paga neste ano, e outra diluída ao longo de 2021. O acordo, entretanto, não vem sendo inteiramente cumprido, e diferentes atletas ficaram sem receber parcelas devidas e vencidas em agosto e setembro.

A partir do ano que vem, além de arcar normalmente com os salários e direitos de imagem de 2021, o São Paulo precisará também quitar 25% dos salários em carteira de todos os atletas que deixaram de ser pagos este ano, além dos , além dos valores de direitos de imagem que também foram alvo de acordo, e que ultrapassam 50% do total no caso de alguns jogadores. Há também luvas que venceram e não foram pagas.

As premia√ß√Ķes tamb√©m foram reduzidas. O grupo recebeu um b√īnus de valor consideravelmente mais baixo que o usual dos √ļltimos anos pela goleada por 4 a 1 sobre o Flamengo ‚ÄĒ praticamente um valor simb√≥lico para os padr√Ķes dos grandes clubes brasileiros ‚ÄĒ e o tradicional bicho s√≥ deve voltar a aparecer em caso de sucesso na Copa do Brasil.

UOL