A diretoria do Fluminense iniciou as negociações com o São Paulo para tentar manter o volante Hudson para a próxima temporadas. O jogador está cedido ao clube carioca até dezembro deste ano, mas tem seus direitos federativos ligados ao Tricolor do Morumbi.

Apesar de em um primeiro momento as conversas girarem em torno somente até fevereiro, por conta do prolongamento do Campeonato Brasileiro por conta da pandemia do Coronavírus, o Fluminense ampliou a negociação para que o contrato seja ampliado até dezembro de 2021.

Hudson por enquanto não faz parte dos planos do São Paulo, mas o clube paulista pretende uma compensação financeira. É justamente isso que vem sendo discutido. O Fluminense, para pagar pelo empréstimo, deseja ficar com um percentual dos direitos federativos.

Situação de Dodi aumenta importância de Hudson

A renovação do empréstimo de Hudson é muito importante em um momento que o Fluminense vem encontrando dificuldades para renovar o contrato do também volante Dodi. O jogador tem vínculo somente até dezembro e não aceitou as primeiras porpostas do Tricolor carioca.

Aos 32 anos, Hudson é considerado titular pelo técnico do Fluminense, Odair Hellmann. Revelado nas categorias de base do Santos, rodou por clubes do interior paulista até se destacar pelo São Paulo em 2014. Mas foi perdendo espaço e em 2017 foi emprestado ao Cruzeiro. Já em 2020 foi cedido ao Fluminense.

Mais que Um Jogo