A menos de 1 mês da votação para escolha de Conselheiros que decidirá a eleição do próximo Presidente, a campanha de Natel perdeu um de seus principais integrantes e que desde o início simbolizou o que se pedia: gestão, números, competência e seriedade para virar o jogo no SPFC.

Gestão, Governança foram os pilares da escolha de Jayme Franco por Julio Casares. Ele fala em mudança, decisiva a participação de todos.

Jayme era uma bandeira exposta em Lives, uma força alçada por todos inclusive os maiores expoentes como Denis, Newton, Itagiba, Nanu, Luiz Cunha, Marcos Francisco e outros. E agora, ele sai falando de uma mudança do circo Garcia para a Broadway. Que impacto!

Jayme falou: “Sempre quis e sempre vou querer o que é melhor para o São Paulo e por isso apoio o Julio Casares”.

A esmagadora vantagem do Juntos pelo SPFC para o Resgate deve ser consumada no pleito de Novembro e pode até selar a desistência de Natel.

Natel que vem tendo fatos a seu respeitos emergindo como na matéria publicada pelo Blog do Paulinho de uma dívida de R$ 2,3 milhões à uma Distribuidora de Combustíveis e questões de familiares atuando em cargos no SPFC remunerados e em fornecedores que falaremos mais à frente munidos de documentos.

O que se constatou com o anúncio foram revolta de uns, xiliques de outros que acusaram de coisas horrendas até ex gestores de Leco agindo como se nunca tivessem participado de nada e fossem isentos, um show ridículo de quem esteve ao lado do poder, defendeu Leco e hoje age como Madre Teresa de Calcutá.

Cada vez mais perto do fim da gestão Leco, cada vez mais perto de Casares e Olten na gestão, cada vez mais perto de gestão e profissionalismo, cada vez mais perto da Esperança e cada vez mais longe de tudo de mal e amador que já foi feito. Falta pouco!

A reconstrução, o recomeço, a retomada está muito, muito perto.

Que venha 2021 e novos tempos!

Blog do São Paulo