O Profeta, que preferiu não culpar a altitude de 2850m pela derrota, explicou que os vacilos custaram caro:

“Seria muito fácil colocar toda a culpa na altitude. A gente sabe que é difícil jogar na altitude, mas poderíamos ter tido um pouco mais de atuação e evitado tomar três gols no primeiro tempo. No segundo tempo estávamos mais acostumados, conseguimos fazer dois gols. Se nós tivéssemos mais… difícil dizer se é concentração. Acabamos vacilando de novo e ficamos muito tristes”

Blog do São Paulo