Santos e São Paulo se enfrentam amanhã (12), pela décima rodada do Campeonato Brasileiro, na Vila Belmiro, às 19h (de Brasília). No “Fala, Maurão” desta semana, o colunista do UOL Esporte, Mauro Cezar Pereira afirmou que espera um clássico com as duas equipes buscando a vitória a todo momento. De acordo com o jornalista, os técnicos Fernando Diniz e Cuca fazem seus respectivos times atacar o adversário e buscam o gol a todo momento. Sendo assim, são propostas de jogo ofensivo.

“O Santos, sob o comando do Cuca, é um time que ataca, que agride e busca o gol. Um time que joga de maneira franca e não um time retraído que espera o ataque do adversário”, disse. “Embora enfraquecido em relação ao ano passado, permite que o time jogue em uma proposta ofensiva.

Eles jogam para atacar”, acrescentou. Apesar de estar no G-4, com 17 pontos, o São Paulo não consegue manter uma regularidade. Mauro Cezar afirma que o time de Diniz é ‘extremamente irregular’ e tem dificuldades de manter boas atuações em todas as partidas.

“O São Paulo, do Diniz, também ataca, tem a posse, joga no campo de ataque, busca o gol. Tem os seus problemas, irregularidades conhecidas, mas a tendência é de um jogo franco”, afirmou.

“Favorito? Acho que não. Difícil falar de favoritismo quando o São Paulo está participando da partida, porque é um time extremamente irregular, impressionante a falta de regularidade. Perspectiva de boa partida. Uma partida entre duas equipes que devem buscar a vitória”, completou.

Na última rodada, o São Paulo empatou por 1 a 1 contra o Red Bull Bragantino — com a equipe do interior perdendo dois pênaltis — no estádio do Morumbi. Já o Peixe venceu o Atlético-MG por 3 a 1, na Vila Belmiro.

UOL

Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press