Luciano é um dos principais destaques do São Paulo nas últimas rodadas e, contra o Red Bull Bragantino, balançou novamente as redes. No entanto, um assunto muito comentado após a partida foi a bronca que recebeu de Fernando Diniz após cometer um pênalti, com palavras ríspidas captadas pelo microfone da transmissão.

Em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira, Luciano minimizou a situação, garantindo que está acostumado com o estilo de cobrança de Diniz. Além disso, o atacante não evitou a risada ao relembrar algumas brincadeiras nas redes sociais sobre o episódio.

“Viralizou bastante essa situação. Como o Diniz disse, ele tem liberdade, é o jeito dele de cobrar, porque quer sempre estar vencendo. Eu o conheço desde a época do Fluminense e é o jeito dele. Para mim foi tranquilo, a gente sempre é cobrado. Ele cobra bastante, não só nos jogos como nos treinamento também”, afirmou Luciano.

“Eu fui zuado sim (risos), tiveram alguns memes, mas quanto a isso eu fico bem tranquilo, foi no calor do jogo”, completou.

Na opinião de Luciano, o São Paulo tem totais condições de brigar pelo título do Campeonato Brasileiro. O atacante acredita ser obrigação do atleta do clube buscar conquistas importantes, deixando claro que o elenco está incomodado com a atual posição do Tricolor na tabela. Neste sábado, às 19h, o time enfrenta o Santos, na Vila Belmiro.

“O Diniz conversa com a gente todo dia sobre isso (possibilidade de título), porque se você joga no São Paulo e não fala em conquistar títulos, então você nem deve estar aqui. A gente tem essa consciência de que podemos sim, trabalhamos para isso. Vamos passo a passo como se fosse uma decisão para que, em fevereiro, a gente possa comemorar todos juntos”, disse Luciano.

“Amanhã a gente vai entrar com o mesmo espírito dos últimos jogos, mas, se Deus quiser, estaremos melhores do que nos últimos jogos para podermos ganhar. A gente está ali em terceiro e estamos incomodados com essa posição, porque sabemos que podemos mais pela qualidade do grupo e pela união que a gente tem”, finalizou.

Com o empate na última quarta-feira, o São Paulo chegou aos 17 pontos e, no momento, ocupa a terceira posição do Brasileirão.

Gazeta Esportiva