Negativa do Sr. Roberto Natel em participação de liminar, escancara falta de comando e liderança de seus aliados e componentes da Chapa Branca; se não controla o grupo, como comandará o SPFC?

Recebemos com muita surpresa a alegação do Sr. Roberto Natel em Carta divulgada hoje de noite informando não ter qualquer relação com o assunto da Liminar que anulou a votação do Conselho Consultivo, órgão formado por ex presidentes e outros sãopaulinos de garbo, inclusive aliados de seu grupo político.

Dizemos com muita surpresa, devido à tantas coincidências surpreendentes.

1- O advogado que assina o pedido de anulação da votação do Consultivo, é filho de seu braço direito, conselheiro Carlos Sadi, coordenador de sua campanha, mentor muitas das vezes das ações de Natel, integrante do Resgate Tricolor;

2 – O Doutor em questão, advoga em outras muitas ações do mesmo grupo como para Denis Ormrod, também conselheiro e aliado de Natel e também integrante do Resgate Tricolor;

3 – Os 2 conselheiros, autores da ação, são parte do Resgate Tricolor e aliados de Natel na corrida presidencial.

Podemos notar o ponto que denota surpresa. Como Natel, todos são parte do Resgate Tricolor e estão do mesmo lado na corrida política deste ano do São Paulo FC mas o Sr. Roberto Natel disse nada ter a ver com isto.

Pois bem, então, equívoco nosso em entender que os indícios todos e componentes do mesmo grupo no qual tem a vantagem de anular uma votação com resultado de 24×2, não tem participação qualquer do candidato à Presidente pelo grupo que teve 2 votos neste pleito. Foi uma coincidência que nos induziu a um raciocínio errôneo e que pedimos nossas mais sinceras desculpas então pelo equívoco.

No que tange então às conclusões desta alegação do Sr. Roberto Natel, podemos entender que uma vez que ele é o líder desta corrida presidencial, entes de seu grupo Resgate Tricolor e conselheiros aliados nem ao menos o consultaram ou o deram participação, sendo algo completamente alheio à ele e sua atuação, conclui-se em nossa análise:

1 – Um candidato que não lidera seu próprio grupo e não tem liderança sobre seus próprios aliados e membros de sua chapa, a branca, não tem a menor condição de ser Presidente do maior clube do Brasil;

2 – Um candidato que não tem comando sobre as ações de sua chapa em algo que coloca a segurança jurídica da instituição em risco às vésperas de um pleito presidencial no qual ele mesmo pode vencer e não ter validade partindo destas liminares e pedidos de anulações, mostra a todos que não tem força e pulso para liderar este processo de reconstrução do São Paulo FC;

3 – Uma vez que à sua revelia, decisões e atos são tomados e comprometem o processo eleitorial do clube podendo impactar nos resultados até mesmo de sua vitória, reforça a completa incapacidade de comandar o grandioso clube que amamos e denota a todos uma fraqueza de comando que já configura um terrível e assombroso cenário de futuro a nós sãopaulinos;

4 – O processo eleitoral está seguro se os candidatos não conseguem controlar seus grupos? Quem garante que a Assembleia não terá liminar? A eleição para presidente? Pelo que mostra o Sr. Roberto Natel, ele nada pode fazer, então estamos todos sujeitos à boa sorte de ações;

5 – Na última semana, em conversa com este mesmo Blog, o Sr. Roberto Natel informou querer dar paz e boa condução aos últimos atos desta gestão junto ao Sr. Julio Casares. Pois bem, é não tendo comando e liderança sobre seus aliados e chapa e percebendo a instabilidade causada no processo, o que o Sr. Roberto Natel agrega para esta boa condução do fim de gestão além de trazer mais rachaduras e inseguranças?

6 – Não ficou clara qual a sua posição, Sr. Roberto Natel. O Senhor concorda ou discorda de judicializações no São Paulo FC colocando a instituição em insegurança jurídica principalmente em seu processo eleitoral? E se liminares sobre liminares forem empilhadas e não houver um novo Presidente? Ficamos com Leco que o Senhor tanto destroça? Mas não era o principal desafeto e inimigo do Senhor?

Findamos esta carta para ressaltar que nos assombra essa posição de não participação e de ausência de comando e de demonstração de liderança. Só nos deixa claro qual será o cenário se este for o caminho, uma vez que o que vemos de seu lado é:

Zero propostas + Zero Plano de Governo X 1 Liminar da qual ele não fez parte e uma ausência de comando de sua chapa e seu grupo que age sem sua participação em algo tão importante.

Novamente, lamentamos muito as infelizes coincidências mas é que realmente acreditávamos que como presidenciável e principal nome do Resgate Tricolor, houvesse um líder sobre os envolvidos na chapa, entre os aliados e que mais que isto, houvesse ao menos uma posição a respeito. Reforçamos nossas desculpas pelo engano.

Blog do São Paulo