Após mais um jogo horrendo, Diniz comentou sobre sua permanência à frente do São Paulo:

“Garantia eterna (no cargo) ninguém tem. Não tenho nada a contestar da diretoria, sempre estiveram presentes e procurando fazer o melhor, mas ninguém tem garantia eterna nem na vida e nem no futebol. A gente precisa melhorar o time e ganhar jogo”.

Blog do São Paulo