O Morumbi é um dos estádios mais históricos do mundo por tudo o que presenciou em mais de 60 anos desde a sua inauguração contra o Sporting em 1960. Desde inúmeras finais a alguns fatos memoráveis, o Cícero Pompeu de Toledo é destaque quando o assunto é ser um dos maiores do mundo.

O São Paulo pode ter orgulho de ter o maior estádio particular do Brasil. Com capacidade para receber 66.695 torcedores, é a maior casa particular de um time no país e o terceiro no geral. Vale destacar que o Cícero Pompeu de Toledo já teve uma capacidade de público muito maior, mas por medidas de segurança o local teve que ser reduzido, mas ainda um alto número de torcedores pode comparecer para torcer pelo Tricolor.

Artilheiro centenário

Um estádio histórico não poderia não ter um artilheiro histórico. O maior marcador da história do Morumbi é o atacante Serginho Chulapa que na década de 90 marcou 135 gols em 185 jogos disputados no estádio. Apenas o atacante e Luís Fabiano (114) alcançaram a marca centenária. A lista entre os maiores artilheiros do Cícero Pompeu de Toledo ainda tem nomes com Raí e Muller com 91 gols cada e o ídolo Rogério Ceni com 73.

56 decisões de finais

Para um estádio ser histórico é necessário receber muitos jogos decisivos ao longo da história. O Morumbi recebeu 56 finais em 60 anos de história sendo o São Paulo o maior campeão com 19 conquistas. Os outros rivais estaduais do Tricolor também possuem um ótimo número de títulos na casa são-paulina com o Corinthians sendo o segundo maior campeão com 13 títulos seguido por Palmeiras com 8 e Santos com 7.

Casa de seleção brasileira em São Paulo

O Morumbi é um dos lugares que mais recebeu a seleção brasileira no Brasil em amistosos e jogos oficiais. Foram 29 confrontos no Cícero Pompeu de Toledo com 27 vitórias, um empate e somente uma derrota. Apesar de sempre enfrentar alguns problemas com o público paulista muito exigente, a CBF optou por colocar o estádio em diversas oportunidades importantes como a abertura da Copa América em 2019 que a seleção de Tite venceu a Bolívia por 3 a 0. Depois da primeira derrota em 1966 são 27 jogos de invencibilidade do time nacional.

A casa da Libertadores no Brasil

A história do Tricolor na Libertadores faz com que o estádio seja um dos que mais receberam jogos da competição continental. São 85 jogos no Morumbi com 65 vitórias, 11 empates e 9 derrotas e um aproveitamento melhor do que o do Boca Juniors quando atua na temida La Bombonera. A soberania do São Paulo no estádio é tão grande que duas das três Libertadores conquistadas pelo clube tiveram o último jogo da final definido com o apoio da torcida são-paulina contra o Newell’s Old Boys em 1992 e Athletico-PR em 2005.

Torcedores.com