São Paulo já tinha garantido a classificação para as quartas de final do Campeonato Paulista antes da paralisação, porém foi só apenas vencer o Guarani que assegurou a liderança do grupo C. Como mandante, o Tricolor receberá o Mirassol na próxima quarta-feira, às 19h. A partida contra a equipe do interior será a primeira de caráter eliminatório que Daniel Alves disputará pelo clube.

O camisa 10 foi anunciado como reforço do São Paulo em agosto de 2019 e, desde então, assumiu um importante posto de liderança dentro do elenco. Além de ser o capitão do Tricolor, Daniel Alves é o principal destaque técnico da equipe dentro de campo, sem deixar de lado a responsabilidade de comandar o time com palavras de ordem e orientações no gramado.

Daniel Alves ainda não teve a oportunidade de disputar um jogo eliminatório pelo São Paulo por conta do desempenho ruim do Tricolor no primeiro semestre de 2019. A equipe caiu para o Talleres na segunda fase da Libertadores e foi eliminada pelo Bahia nas oitavas da Copa do Brasil.

O São Paulo conta com a liderança de Daniel Alves e seu histórico vencedor para voltar a conquistar títulos depois de uma seca de quase oito anos. Vale lembrar que o camisa 10 é o jogador com mais troféus na história do futebol mundial, com 40 taças levantadas em sua carreira.

O duelo com o Mirassol também será o primeiro eliminatório de Juanfran com a camisa do São Paulo. O lateral-direito chegou ao Morumbi dois dias depois de Daniel Alves e não disputou nenhum jogo da Libertadores ou da Copa do Brasil de 2019.

Gazeta Esportiva