A Copa do Brasil, devido à pandemia de coronavírus Covid-19, teve de ser paralisada no meio da disputa de sua terceira fase. Traçando o calendário de competições nacionais, a CBF divulgou as novas datas do torneio que, assim com o Campeonato Brasileiro, só vai se encerrar em 2021.

O torneio, antes de ser interrompido, já havia tido a disputa das duas primeiras fases e dos jogos de ida da terceira. Veja como ficou definido o calendário da Copa do Brasil:


QUANDO RECOMEÇA A COPA DO BRASIL


A última partida do torneio foi disputada em 12 de março, segunda data dos jogos de ida da terceira rodada. Depois disso, a pandemia obrigou a CBF a interromper a realização dos duelos.  

No novo calendário divulgado pela entidade, a volta dos jogos está marcado para o dia 26 de agosto, quando vão acontecer os jogos da primeira leva das partidas de volta.


QUANDO TERMINA A COPA DO BRASIL


Precisando de mais 11 datas para encerrar o torneio, a CBF precisou marcar a final apenas para o ano que vem. Inicialmente, o jogo estava previsto para 16 de setembro, mas com o adiamento das rodadas, a nova data ficou para o dia 10 de fevereiro, desta forma, o campeão de 2020 só vai ser conhecido em 2021. 


FORMATO


Assim como aconteceu com o Campeonato Brasileiro, a CBF teve que rever todo o seu calendário justamente por não querer alterar os formatos das competições. Desta forma, o formato e o regulamento da Copa do Brasil estão mantidos para a sequência do torneio.

Depois das disputas dos jogos de volta de terceira fase, dez times se classificam para o que pode se chamar de “segunda etapa” do torneio. Nesta quarta fase, os times se enfrentam em confrontos determinado por sorteio e, os vencedores se juntam às 11 equipes que entram apenas das oitavas de final, para a disputa do mata-mata, até chegar na grande final.


PROTOCOLOS DE SEGURANÇA


Desde o início, o Ministério da Saúde declarou ser favorável ao retorno futebol. A entidade propôs que a CBF garanta a realização de testes para o vírus e avaliações constantes nos atletas, mas também nos membros das comissões técnicas, funcionários, familiares e nas pessoas próximas aos envolvidos. Porém, o protocolo para o retorno do torneio nacional ainda não foi definido.

Onefootball