No CT de Cotia, o São Paulo deu sequência ao trabalho para retomar a sua participação no Campeonato Paulista. Hoje (9), em teleconferência, ficou definido que o estadual volta a ser disputado no dia 22 de julho, após os últimos meses de pausa por causa da pandemia do novo coronavírus. O treinador o Tricolor paulista, Fernando Diniz, gostaria de ter mais tempo para preparar a equipe, mas elogiou a data escolhida.

“Talvez, uma semana a mais fosse o ideal para a equipe, mas também não está ruim. A gente teve aquela primeira semana das avaliações, em que foi o primeiro contato com todo mundo se vendo, com os protocolos que a gente teve de seguir. Mas foi o início de grupo, e depois, a partir do dia 1º, conseguimos intensificar bastante os treinamentos. Então, eu acho que para reiniciar a competição vamos estar em boas condições. Acho que a Federação acertou, principalmente. Como a CBF foi irredutível [em colocar o início do Brasileiro no dia 9 de agosto], a data para começar era essa mesmo”, disse Diniz.

Para ter mais privacidade e segurança, a equipe profissional passou a trabalhar no CT de Cotia, que usualmente é utilizado pelas categorias de base. Desta maneira, os jogadores podem ficar hospedados em quartos individuais e ter mais facilidade para manter o distanciamento. “Embora a gente esteja tomando os mesmos cuidados com o distanciamento, a gente acaba convivendo um pouco melhor e com mais controle aqui em Cotia, que também era outra finalidade de virmos para cá. Então, é um grande acerto estar aqui. Para termos um pouco mais contundente a nossa preparação para o início dos jogos”, disse o comandante.

“O treino foi muito intenso. A primeira coisa a falar foi a entrega dos jogadores. O fato de a gente vir para Cotia é porque a gente tem condições melhores para treinar e recuperar os jogadores. Eles também tiveram adesão de 100% de vir para cá para se preparar. Então, a gente está no caminho certo”, completou o técnico. O São Paulo já está classificado para as quartas de final do estadual. Tal fato não muda a metodologia de trabalho de Fernando Diniz.

“É importante a gente já estar classificado, mas não é algo que vou levar para o campo. Não vamos levar para a acomodação. É bom saber para tirar a pressão, mas vamos estar sempre pressionados, porque o São Paulo é um time que vive sempre de pressão. Temos de entregar a vitória para o torcedor.”.

UOL