O São Paulo vai começar uma nova rotina de trabalho a partir de amanhã (8). Após colher os resultados dos últimos exames de Covid-19 aplicados ontem (6), o Tricolor paulista vai para o CT de Cotia para dar sequência ao treinamento após a quarentena. A ideia, segundo apurou o UOL Esporte, é deixar a delegação concentrada no local por um período de até dez dias.

Alguns motivos fizeram com que Fernando Diniz optasse por utilizar a instalação destinada em geral às categorias de base do clube. Construído em um terreno de 220 mil metros quadrados, o CT conta com uma estrutura para a hospedagem dos atletas. Lá os jogadores e funcionários do departamento de futebol profissional poderão dormir em quartos separados e com o distanciamento correto para evitar o contágio.

Além de criar uma bolha de segurança para que os atletas possam trabalhar, o treinador também escolheu o CT de Cotia por acreditar que poderá melhorar ainda mais o ambiente interno. No local, os atletas terão privacidade e, com isso, teriam a chance de ficarem mais unidos.

Sempre que possível, Diniz elogia internamente o treino desenvolvido durante a pré-temporada, em janeiro em Cotia. Para ele, esse período foi essencial para que os jogadores compreendessem melhor a sua metodologia e para que o que fosse realizado em treinamento passasse a ser executado nas partidas.

O clube ainda vai disputar neste segundo semestre a Copa do Brasil, o Campeonato Paulista, a Copa Libertadores e o Campeonato Brasileiro. Até o momento, o time já está classificado para a quartas de final do Estadual e estava na zona de classificação às oitavas do torneio continental.

UOL