A escolha por Marcelo Portugal Gouvêa como candidato na eleição do Conselho Deliberativo do São Paulo estremeceu a base de apoio da oposição, que tem Marco Aurélio Cunha e Roberto Natel como candidatos à presidência. Depois de Ópice Blum desistir de concorrer pelo cargo, irritado pela decisão tomada pelo grupo antes mesmo da convenção, outro nome de peso nos corredores do Morumbi trocou de lado na campanha.

A Gazeta Esportiva apurou que, dessa vez, foi Ives Gandra Martins quem decidiu que apoiará a chapa encabeçada por Júlio Casares. O conselheiro é muito influente no Tricolor, considerado um “Cardeal” no clube. Ives, inclusive, era base de apoio de Ópice Blum. A movimentação de bastidor promete esquentar ainda mais a corrida eleitoral, já que o grupo de oposição obteve alguns revezes nas últimas semanas.

A disputa pelo cargo de presidente do Conselho Deliberativo será travada entre Marcelo Marcucci, filho do ex-presidente Marcelo Portugal Gouvêa, e Olten Ayres de Abreu Junior, da coalização “Juntos pelo São Paulo”, que apoia Júlio Casares na presidência.

O candidato à presidência do grupo de Portugal Gouvêa ainda não foi definido. Marco Aurélio Cunha e Roberto Natel travam este embate, enquanto Sylvio de Barros corre por fora.

Vale destacar que a eleição do Conselho Deliberativo do São Paulo ocorrerá em novembro deste ano, enquanto o pleito para o cargo hoje ocupado por Leco será realizado em dezembro.

Gazeta Esportiva