O Blog do São Paulo recebeu a informação de um impasse entre o grupo que deve enfrentar Casares nas eleições para o triênio de 2021-2023.

Contatamos 8 pessoas diferentes que fazem parte deste grupo separadamente e recebemos informações divergentes sobre o formato da Assembléia que escolherá o presidenciável que enfrentará Casares.

Pelo lado da Presidência do Conselho, Marcelinho Portugal Gouvêa ficou como nome único após a desistência de Ferreira Alves, Homero Bellintani e Ópice Blum.

Falando em Homero e Blum, ambos alinharam apoio à Julio Casares e Olten Ayres Jr e o anúncio deste apoio de modo oficial será feito em breve o que resulta em mais 6 a 7 votos de vitalícios na chapa Juntos Pelo SPFC.

Voltando ao tema da Assembléia que definirá entre Natel, MAC e Sylvio de Barros, o Blog questionou a mesma pergunta a estas 8 pessoas:

“É verdade que pode ter voto secreto e mais de 1 turno?”

Ouvimos tanto que não, que não será secreto, ouvimos que o voto será secreto, ouvimos que estão discutindo sobre ser secreto e que “alguns” querem que seja secreto. As ideias são tidas para não criar um racha posterior com o candidato escolhido e posteriores negociações políticas do grupo.

Sobre ser em mais de 1 turno, ouvimos que não, que o candidato com mais voto levará. Ouvimos que terá 1 turno para votar e escolher entre 2 nomes o que eliminaria um nome a priori no 1o turno e levaria os dois restantes a um 2o turno.

Uma outra vertente afirma que enquanto não houver mais de 50% da maioria, não haverá escolha definitiva.

O que parece ao Blog é que a falta de concordância entre os ouvidos demonstra um desalinhamento perigoso já que está se findando a metade do ano de 2020, a poucos meses do pleito. Esta postergação pode ser negativa ou até mesmo irreversível do ponto de vista estratégico já que após a escolha, já ouvimos de grupos que até uma chapa única pode ocorrer sem estes acordos necessários.

Blog do São Paulo

Anúncios