Antes da paralisação por conta da pandemia de coronavírus, o São Paulo vinha em plena ascensão, muito por conta da continuidade do trabalho de Fernando Diniz, que chegou ao clube no fim de setembro de 2019. Saiba quem são os jogadores que mais tiveram participação direta em gols do Tricolor na “Era Diniz” na galeria a seguir:

15) Gabriel Sara: deu uma assistência para gol desde que Diniz chegou, na vitória por 2 a 1 sobre o CSA, na última rodada do Brasileirão-2019.

14) Toró: marcou um gol sob o comando de Diniz, na vitória por 2 a 1 sobre o CSA, na última rodada do Brasileirão-2019.

13) Igor Vinícius: marcou um gol sob o comando de Diniz, na vitória por 2 a 1 sobre o CSA, na última rodada do Brasileirão-2019.

12) Brenner: marcou um gol sob o comando de Diniz, no empate em 1 a 1 com o Novorizontino, pelo Paulistão-2020.

11) Hernanes: marcou um gol sob o comando de Diniz, na vitória por 2 a 1 sobre a Ferroviária, no Paulistão-2020

10) Bruno Alves: marcou um gol sob o comando de Diniz, na vitória por 3 a 0 sobre a Chapecoense, no Brasileirão-2019.

9) Juanfran: deu duas assistências para gol sob o comando de Fernando Diniz.

8) Arboleda: marcou dois gols sob o comando de Fernando Diniz

7) Reinaldo: marcou três gols e deu duas assistências sob o comando de Diniz, ou seja, participou diretamente de cinco gols no período.

6) Igor Gomes: marcou três gols e deu duas assistências sob o comando de Diniz, ou seja, participou diretamente de cinco gols no período.

5) Alexandre Pato: marcou quatro gols e deu duas assistências sob o comando de Diniz, ou seja, participou diretamente de seis gols no período.

4) Antony: marcou três gols e deu quatro assistências sob o comando de Diniz, ou seja, participou diretamente de sete gols no período.

3) Pablo: marcou quatro gols e deu quatro assistências sob o comando de Diniz, ou seja, participou diretamente de oito gols no período.

2) Daniel Alves: marcou seis gols e deu três assistências sob o comando de Diniz, ou seja, participou diretamente de nove gols no período.

1) Vitor Bueno: marcou quatro gols, deu cinco assistências e sofreu um pênalti sob o comando de Diniz, ou seja, participou diretamente de dez gols no período.

Lance!

Anúncios