Pablo pode ter a chance de engatar uma sequência como titular do São Paulo neste segundo semestre. Com a transferência de Antony para o Ajax-HOL programada para julho, o camisa 9 aparece como o favorito para compor a linha de frente do Tricolor paulista ao lado de Alexandre Pato e Vítor Bueno.

O jogador chegou a ser questionado por causa da falta de efetividade, quando completou nove confrontos sem balançar as redes. Porém, tal situação virou justamente no clássico com o Santos, o último duelo antes da paralisação nas competições por causa da pandemia do novo coronavírus. Na ocasião, Pablo fez os dois gols na vitória por 2 a 1 do Tricolor paulista.

Para alcançar tal rendimento, o jogador contou com o apoio de uma espécie de força-tarefa montada pelo elenco e pelo técnico Fernando Diniz. Assim como fez quando Pato era criticado, o treinador conversou individualmente com Pablo e deu moral ao atleta. No dia a dia, os integrantes da comissão técnica e demais jogadores também deram o seu apoio para Pablo, com frases de incentivo e conversas motivacionais. Desde 2019, Pablo já disputou 41 partidas pelo São Paulo e marcou dez gols.

UOL