O Barcelona já tinha total certeza de que contrataria o jovem Gustavo Maia, do São Paulo, mas a crise causada pelo novo coronavírus fez o clube debater internamente a chegada do jogador, segundo informa o jornal ‘Mundo Deportivo’, nesta sexta-feira (12).

De acordo com a publicação, o Barça já pagou 1 milhão de euros (R$ 5,7 milhões pelas cotações atuais) ao Tricolor paulista para “bloqueá-lo” até o dia 15 de julho e acordou o valor de 3 milhões de euros (R$ 17 milhões) pela assinatura do contrato com o jogador.

A equipe blaugrana, contudo, deixou diversas negociações menores em ‘stand by’, uma vez que concentra suas forças em nomes de mais peso e valor de mercado atualmente, casos de Lautaro Martínez, Neymar e Pjanic, por exemplo. Os espanhóis até teriam tentado negociar com a diretoria são-paulina um valor mais baixo no caso de Gustavo Maia, mas ela foi irredutível.

Assim, o Barcelona entende que não tem pressa em fechar a negociação de vez e vai esperar o andamento da próxima janela de transferências internacional.

Gustavo Maia nunca entrou em campo profissionalmente pelo São Paulo, mas se destacou nas categorias de base do clube do Morumbi. Na Copa SP de Futebol Júnior deste ano, por exemplo, ele foi um dos destaques, marcando três gols em sete partidas.

Esporte Interativo

Anúncios