“No passado, contratamos um time cascudo, competitivo e com nomes diferenciados que agregavam ao grupo com maturidade e diferencial técnico.

Como não temos receita compatível, não podemos ter muitos medalhões. Jogadores de mais idade apesar de grande qualidade técnica, tem salários muitas vezes incompatíveis. Dani Alves, Pato e Juanfran tem qualidades técnicas indiscutíveis mas não podemos fazer loucuras além da nossa capacidade financeira.

Quero que observemos fortemente a base. Se não tivermos um jogador para compor elenco na base algo tem errado ou na base ou na gestão do futebol.

Queremos um time competitivo mas sem enganar o torcedor com um 2021 mais duro, 2022 um pouco melhor e um 2023 mais promissor”.

Blog do São Paulo

Anúncios