Apontado como uma das principais peças do elenco do São Paulo, Bruno Alves falou sobre o início de sua passagem pelo clube. O zagueiro foi contratado em 2017, ano em que o Tricolor lutou contra o rebaixamento. De acordo com o jogador, a temporada ruim dentro de campo rendeu uma série de aprendizados para a sua carreira.

Em entrevista ao canal oficial do São Paulo no Youtube, Bruno Alves relembra a paciência que precisou ter em seus primeiros meses no clube e conta como os exemplos de Lugano e Hernanes ajudaram no seu amadurecimento.

“Quando cheguei, nunca escondi de ninguém que era um sonho viver o dia a dia do São Paulo, então esperei com paciência. O primeiro contrato foi de três anos, então falei: ‘Tenho três anos para jogar aqui no São Paulo’. Não deixei a ansiedade tomar conta. Cheguei em 2017, no período mais difícil do clube. Eu tinha que amadurecer na hora. Eu peguei grandes exemplos como o Lugano, que ainda estava no elenco, e o Hernanes” disse o zagueiro.

De acordo com o camisa 3 do Tricolor, a temporada de 2017 trouxe diversos aprendizados. Agora, ele é uma das lideranças do elenco, responsável por dar conselhos aos jovens recém promovidos das categorias de base.

“Eu aprendi bastante com esses líderes em 2017 na situação difícil que o São Paulo viveu. Eu falo pra eles (jovens) que a minha experiência é experiência de vida. Eu procuro passar para os meninos que eles saem de Cotia, em uma das melhores estruturas do Brasil, e já caem direto no profissional do São Paulo. Existem atletas que sonham com uma chance dessa na vida, que esperam 8 a 10 anos para jogar no São Paulo”, concluiu.

Gazeta Esportiva