O meia Igor Gomes, uma das principais promessas do São Paulo na atualidade, participou do quadro Bolívia Talk Show, do canal de Youtube Desimpedidos, e relembrou a discussão que teve com o Felipe Melo na semifinal do Campeonato Paulista de 2019, quando o Tricolor eliminou o Palmeiras na disputa de pênaltis, em pleno Allianz Parque.

“No primeiro jogo, nosso treinador era o (Vagner) Mancini, e ele já tinha falado que o meu marcador seria o Felipe Melo e falou que eu teria que lidar com certas provocações. O Felipe tem um estilo de jogo muito típico, que é de se impor e falar. No primeiro lance eu disputei a bola com ele e sobrou um braço, mas ele pediu desculpa e seguiu o jogo. Quando eu cometi uma falta, ele dominou a bola de costas e esperou o contato, só que ali é inevitável ter o contato, se eu não tiver o contato com ele ali, ele gira e vai para o ataque. Mas eu encostei nele e ele caiu. Eu, nervoso com o juiz e querendo ganhar, falei ‘pô juiz, não foi falta, ele se jogo’. Ele falou ‘você tá louco? Você encostou em mim’, e eu respondi ‘não foi falta, não’”, contou Igor Gomes, ao relembrar que a discussão teve início ainda no primeiro jogo, disputado no Morumbi e que terminou

O meia são-paulino contou ainda que foi o próprio Felipe Melo quem o procurou dentro de campo no jogo da volta, disputado no Allianz Parque. “No primeiro lance, ele falou ‘você me tratou com falta de respeito, mas hoje você não vai armar nada, não’. Eu falei ‘vamos pegar eu e você no mano a mano’, mas foi isso, coisa de jogo”, relembrou. “É estilo de jogo, e eu dou risada porque quebra o gelo. Ele ser dessa forma dentro de campo, não quer dizer nada que ele é assim fora também”, completou.

No vídeo de bastidores do clássico, divulgado no canal do São Paulo, é possível ver o momento de tensão entre Felipe Melo e Igor Gomes. O meia são-paulino chegou a falar sobre a tentativa de ‘intimidação’ do jogador palmeirense na ocasião.

Torcedores.com