passaro

Funcionários do CCT agora terão salários reduzidos por orientação de Pássaro, funcionários do Morumbi já tiveram corte desde o mês passado; veja

A direção de futebol do São Paulo determinou nesta quinta (21) que funcionários ligados ao time profissional que ainda não tinham sofrido redução salarial tenham corte de 25% em suas remunerações a partir do próximo  pagamento. Conforme apurou o blog, Alexandre Pássaro, gerente-executivo de futebol, encaminhou ontem e-mail para o departamento de RH solicitando a redução para todos os funcionários do CT da Barra Funda. O corte é o mesmo aplicado aos salários de empregados que trabalham no Morumbi.

Como havia a possibilidade de os clubes voltarem a treinar em maio para a retomada do Campeonato Paulista, alguns funcionários ligados à comissão técnica, como fisioterapeutas, ainda estavam recebendo o salário integral. O argumento para isso era de que uma eventual volta teria 15 dias seguidos de concentração como estratégia de combate à transmissão do novo coronavírus. Se isso ocorresse, esses funcionários teriam um aumento significativo na carga horária de trabalho.

A diretoria, então, optou por pagar integralmente esses salários e aplicar eventuais descontos dependendo da data de retorno. Como já se sabe que a volta não acontecerá em maio, a redução será aplicada. Jogadores, Fernando Diniz, Pássaro e Raí, diretor-executivo, já tinham sofrido cortes de 50% salários. O clube estuda a possibilidade de “devolver” parte dessa porcentagem após o retorno.

UOL

passaro

6 comentários

  1. do post anterior , gostaria de ter visto no SPFC : Mauro Galvão , Roberto Carlos , Rincon , Djalminha , Alex , Juninho Pernambucano , Ronaldo e Romário

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!