No começo de maio, uma promoção chamou atenção de muitos torcedores e, sobretudo, torcedoras do São Paulo no Twitter. O movimento São Pra Elas, coletivo feminino do Tricolor, reduziu sensivelmente o preço de uma das camisas do grupo:

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes
https://www.facebook.com/TorcedoresOficial

De acordo com Bruna Gusmão, moderadora dos grupos do São Pra Elas no WhatsApp e social media do movimento, a oferta trouxe grandes resultados para o movimento. “Estávamos com o estoque um pouco parado e, depois da promoção, conseguimos movimentar bem. Superou, também, as nossas expectativas”, comentou.

Camisetas, por sinal, não são os únicos artigos oferecidos para as torcedoras são-paulinas. “Além das faixas e das camisas, temos chaveiros, copos e uma bandeira. Sempre foi uma ideia do São Pra Elas lançar produtos e a ideia é sempre lançar mais”, conta Bruna. Surgido em 2017, o grupo tem, desde o começo, a ideia de popularizar a marca. “Sempre quisemos lançar algo com a cara do movimento, como logo e frases. Lançamos nossas faixas e, logo em seguida, surgiu uma proposta para fazermos as camisas. Na época, não conseguimos divulgar muito. Com a chegada do Zé Carretilha, nosso atual fornecedor, conseguimos divulgar e vender bem na loja deles. Foi um grande facilitador para a gente”, completa.

Pandemia

As mudanças provocadas pelo isolamento social, de acordo com Bruna, foram um dos gatilhos para idealizar a promoção do São Pra Elas. “Agora, o pessoal está mais em casa e olhando a internet. Junto com o nosso fornecedor, lançamos o nosso desconto”, comentou Bruna.

Apesar disso, a ausência de jogos mexe com as integrantes do coletivo. Os grupos em aplicativos acabam ajudando na saudade do esporte, com temas correlatos. “Temos quatro grupos no WhatsApp e é óbvio que temos uma movimentação muito em dias de jogos. Gostamos de comentar e de falar. Sou administradora dos quatro grupos do São Pra Elas e fico maluca em dias assim. Ainda assim, temos uma boa comunicação com as meninas mesmo com a pandemia. Estamos em casa e sem futebol, então falamos sobre o mundo do futebol como um todo nos grupos. Por exemplo, na última segunda-feira (18), vazaram imagens da suposta nova Camisa 2 do São Paulo e ficamos comentando sobre isso. Não nos abalamos”, finalizou Bruna.

Torcedores.com