“Argumento indecente que não se aplica a jogadores e sim aos menos favorecidos” diz jornalista; veja

Muito se falou sobre a polêmica ação que Maicon moveu contra o São Paulo. No processo, ele pediu a cobrança de adicionais por jogar fora do horário comercial – de noite, feriados e finais de semana. Um importante jornalista esportivo criticou a atitude do atual volante gremista. Trata-se de Arnaldo Ribeiro.

Falando no podcast Posse de Bola, do portal UOL Esporte, Arnaldo falou que a atitude de Maicon é indecente. Ele também associou a situação a de Paulo André, que entrou na Justiça contra o Corinthians.

“Essa questão da reclamação do Paulo André e do Maicon, nesse novo artifício, é importante entender que os jogadores acharam uma brecha para recorrer a algumas coisas que eram devidas a eles. A Justiça do Trabalho no Brasil você pode ter todas as ressalvas possíveis, mas ela preza pelos menos favorecidos. Esse argumento é indecente porque não se aplica apenas a jogadores, mas a jornalistas esportivos, por exemplo, que tem a vida guiada pelo calendário futebolístico. O clube não tem autonomia pelo calendário”, finalizou.

SPFC24H

7 comentários

  1. O clube que devia processar por ter jogado sempre fora de forma e acima do peso, e também deveria ter deixado ir ao INSS no caso das suas várias contusões.
    Outro ponto, quis jogar a torcida contra a diretoria, todo mundo sabe que nossa diretoria não é algo que se cheire, mas querer se aproveitar disso para ganhar mais grana do clube que sempre deu oportunidade para que ele apresentasse o seu futebol (bem meia boca) só mostra a índole do Sr. Maicon.

  2. Deve ter sido um advogado, daqueles bem “espertos” que está por trás desse processo do Maicon e mesmo do Paulo André, mas que abre um precedente bem preocupante para os clubes, ainda mais neste momento, isso abre…

  3. Maicon, devolva toda a grana $$$ que você ganhou com bixos por vitórias.
    Maicon, bata o ponto e cumpra as 8hrs de jornada e a 1hr de almoço.
    Maicon, quando o clube for eliminado vá trabalhar no outro dia sua jornada normal.

    São três pontos bem simples que ele poderia responder….foi como o Denilson postou, se jogador começar a abrir processo nessa linha darão um tiro no pé.

    O Grêmio que se prepare….

  4. A linha de avaliação da justiça do trabalho geralmente é de que um lado é sempre culpado, então só vão decidir o tamanho da culpa. Na maioria dos casos as decisões de 1a instancia malucas como essa são reformadas pelo nível de insanidade da decisão. O problema que vejo é que o julgador não é punido pela má execução do seu trabalho. Em 2016 TRT de SP emitiu uma nota dizendo que a justiça do trabalho é instrumento de distribuição de renda, e quase ninguém se escandalizou com o viés prévio da declaração…

  5. Primeira questão , o Maicon nunca jogou em qualquer horário que fosse, no máximo estava presente, a maioria das vezes so de corpo , sem alma !!!

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!