Rejeição monstruosa e chance zero de ser presidente fazem com que MAC já recue em candidatura: “Eu nem sei se serei candidato”; entenda

Em entrevista aos jornalistas Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi no Youtube, MAC parece que finalmente demonstrou a realidade dos fatos de sua tentativa de candidatura à presidência no triênio 2021-2023.

Na live ele deixou claro que votou em Leco mas que não faz parte da atual gestão mesmo tendo participado da eleição, votado em Leco e trabalhado na gestão do atual presidente.

Ele negou também, ter grupo político e participar de qualquer movimento de oposição mesmo quando os coordenadores dos grupos confirmem. Ou seja, a tentativa de abstração de seus movimentos deixa claro que sua iminente saída da CBF que ocorrerá provavelmente em Julho deste ano já acordado com o Presidente da entidade (informações recebidas pelo Blog a serem confirmadas, uma vez que houve mudança nas datas olímpicas o que fecharia seu ciclo na Seleção Feminina), resulte em outra função como um cargo no clube ou em outra agremiação ou até uma volta à política.

Veja mais da entrevista:

“Eu não sou, em hipótese alguma, situação.

Estou fora do São Paulo há dez anos. Volto a dizer que votei no Leco, tenho consciência disso, as circunstâncias me levaram a isso, pela saída do Carlos Miguel Aidar…

Eu esperava muito mais, obviamente.

Não me aproximei da diretoria, nunca tive um cargo estatutário no São Paulo, então não tenho nenhuma ligação com oposição ou situação.

Eu quero, se possível, formar um grupo de pessoas capazes, inteligentes, que tenham o São Paulo em primeiro plano, e não sua ambição pessoal, que possam formar uma frente para uma candidatura. Se eu conseguir isso eu posso até sair.

Se eu perceber que o São Paulo já está esquartejado politicamente e que os mesmos vão continuar, obviamente vou pensar na minha vida e não no São Paulo”

Sobre ser candidato, ele já recua:

“Eu nem sei se serei candidato.

Sou absolutamente independente, faz dez anos que deixei o São Paulo e não tenho nenhum grupo. O mal do São Paulo também é o excesso de grupos que trabalham para eleger os seus vitalícios, para ter maior influência no clube…

Eu não sei até onde eles pensam que isso é bom para o São Paulo. Bom para o São Paulo é você ter uma grande quantidade de pessoas de alto gabarito, pensantes, que possam ajudar o clube.

Mas de repente é mais interessante fazer um vitalício do seu grupo político do que pensar no São Paulo. Essa é uma coisa que me deixa muito preocupado”

Com sua saída do páreo, fica cada vez mais evidente o que o Blog sempre divulgou: Natel deve ser o candidato da oposição enfrentando Casares que é a cada dia mais favorito à Presidência do São Paulo FC.

Blog do São Paulo

22 comentários

  1. É extremamente preocupante nosso futuro,espero um dia que o SPFC volte a ser SPFC novamente e que isso seja o mais breve .

  2. O futuro do MAC vai ser no futebol, não sei onde. Na política ele encerrou sua participação ao renunciar seu mandato e trair seus eleitores, indo para a CBF. Não sei se ele tem uma rejeição gigante, mas tenho a certeza que politicamente ele não nunca foi forte no São Paulo.

  3. MAC seria um bom gerente de futebol, só.
    Serve para ser o interlocutor dos jogadores junto a diretoria, fazer piadas nos programas esportivos, jogar futebol nos rachões, mas como presidente, não tem condições. Nem como diretor de futebol.

    Que fique na CBF.

  4. Eu não sou muito fã do Marco Aurélio Cunha.
    Vejamos.
    Ele Marco Aurélio Cunha é fã do Ricardo Gomes. Dizem Colunistas que acompanham o São Paulo, que o Marco Aurélio Cunha ficou desapontado com a demissão do Ricardo Gomes em 2019. Que o Juvenal Juvêncio não consultou ele Marco Aurélio Cunha e que ele Marco Aurélio Cunha mais o João Paulo de Jesus Lopes, eram contra a demissão do Ricardo Gomes.
    Na eleição para Presidente do São Paulo em 2014, todas as entrevistas aos meios de Comunicação, ele Marco Aurélio Cunha criticava as categorias de base. Ele chegou ao ponto de dizer, que o Corinthians foi campeão do Mundo sem jogadores da base. Dane-se o Corinthians. E o São Paulo, Tri Campeão do Mundo com Cafu, Muller, Doriva, Vitor, André Luiz, Rogério Ceni, Edcarlos. Dirigente que não gosta de categorias de base, pra mim não serve para ser Dirigente do São Paulo. Porque sejamos realista, quem está salvando o São Paulo são as vendas da base $. Só a venda do Lucas, o São Paulo diminuiu muito a dívida bancária. Sem contar que o Lucas foi importante no Campeonato Brasileiro de 2012 e na Sul Americana.
    Depois o Marco Aurélio Cunha me parece muito com Peão que só vai consertar a cerca depois que a Boiada já escapou. Eu não gosto disso. Ficar dando entrevistas justificando as derrotas, dizendo que o trabalho está sendo bom. Não, não está sendo bom. Se está perdendo é porque não está sendo bom. Por exemplo, na coletiva do Muricy após a eliminação do São Paulo da Libertadores para o Cruzeiro, lá estava o Marco Aurélio Cunha sentado ao lado do Muricy, dizendo que o trabalho estava sendo bom. Dois dias depois o Muricy foi demitido. Mesma coisa em 2010, o Técnico era o Ricardo Gomes, o São Paulo perdia um clássico atrás do outro e lá vinha o Marco Aurélio Cunha dizer que o trabalho estava sendo bom.
    Eu não curto muito isso não.
    Dirigente bom, é aquele que não espera o barco afundar para tomar providências.

  5. Também não gosto do Marco Aurélio como candidato a presidência e principalmente dessas respostas sempre mureteras dele…votou no Leco mas não concorda, não é da situação e nem da oposição, critica mas não confronta, enfim…

    Mas ele toca em um ponto desse ambiente político desses vitalícios que em acho extremamente importante ser comentado…tem muito grupo político no SPFC, deveria fazer uma limpa pois a maioria é sanguessuga, e vem mais para querer seus benefícios em razão ao SPFC.

    É muito importante além da eleição ver quem serão os apoiadores de fato.

  6. Os bastidores do clube contrariam o título da matéria. MAC se articula e muitas resistências já foram quebradas e apoios vem sendo conquistados. Nesse momento, interessa a Julio Casares desconstruir a candidatura de MAC. Dentro do pragmatismo político de seus estrategistas, é melhor ter Natel como adversário ao invés de Marco Aurélio Cunha.

    • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Nunca li algo tão engraçado aqui nesse Blog em 13 anos

      • Mas o fato que essa pessoa entre no blog para falar isso, algum tipo de articulação está sendo feita para mudar a imagem do MAC para a torcida. Agora, se vair surtir efeito, é outra história.

  7. MAC sem prestígio, Casares nada confiável, lembra da história do Jack, ele assinou, depois que a casa caiu vem falar que assinou sem saber. Nebuloso o futuro do SPFC.

  8. Esse cara MAC nunca me enganou, faz parte desta tragédia que está no clube, ainda bem que não tem chance.

  9. No SPFC se muda tudo pra não se mudar nada. O clube é refém de parasitas que estão lá pra se locupletarem, essa é a realidade que por falta de provas materiais ninguém na mídia se mete a besta de falar, embora seja algo evidente.

    A tendência do SPFC de médio a longo prazo é despencar cada vez mais.

  10. Será mesmo que o Dr. Marco Aurélio vai desistir da candidatura à Presidência?
    E não sendo candidato, ele não vai querer algum cargo na Diretoria, independente de quem for o eleito?

  11. No São Paulo não existe eleição. É simplesmente ridículo chamar aquilo de eleição onde votam apenas os 160 vitalícios muitos deles creio eu, nem são paulinos são. Lá o esquema é esse. Contudo, o único que ainda pode mudar alguma coisa é o Julio César Casares, pelo muito que ele já fez pelo clube. Só espero que um dia eu ainda possa ver a libertação do clube. Eleições livres e diretas para presidente com votos dos sócios torcedores. Se nada for feito, dou mais 16 anos para o São Paulo virar uma nova portuguesa.

    • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Quer fazer uma aposta solidária de mil cestas básicas para vermos quem ganha?

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!