“O (Leco) Pres. Conselho Deliberativo deu um golpe no Presidente do clube. Com apoio da mídia” diz jornalista em Live; entenda

Na última quarta-feira (06), a Pluri Consultoria, especializada em estudos de finanças esportivas, fez uma Live detalhando informações do Orçamento do São Paulo. No dia seguinte, as informações também foram citadas em uma Live no canal Arnaldo e Tironi, mantido pelos jornalistas Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi. O contexto financeiro, porém, correu lado a lado com o político na ocasião.

Mantenedor e um dos integrantes da Live, Arnaldo Ribeiro afirmou que o São Paulo sofreu um golpe. O caso aconteceu em 2015, quando Carlos Miguel Aidar renunciou à presidência. Carlos Augusto Barros e Silva, popularmente conhecido como Leco e então presidente do Conselho Deliberativo, assumiu o clube. Ele, por sinal, é presidente até hoje do SPFC. Na ocasião, o ex-presidente foi acusado de corrupção por um de seus vice-presidentes: Ataíde Gil Guerreiro, vice de futebol.

Tudo isso foi lembrado por Arnaldo Ribeiro. “Não foram só cinco anos. Lembrando que o Leco entrou como interino-tampão depois da saída do Aidar. Aqui eu posso falar, no Posse de Bola [podcast do qual os três da Live participam no Portal UOL] talvez não, mas aquilo foi um golpe. Mais ou menos igual o do Temer na Dilma. Mais ou menos daquele jeito. O presidente do Conselho Deliberativo deu um golpe no presidente. Basicamente isso. Com apoio da mídia. É muito parecido, guardadas as devidas proporções”, disparou.

Reafirmação

Pouco depois, Arnaldo Ribeiro voltou a repetir que o São Paulo teve um golpe em 2015. Ainda ironizou o atual presidente. “Ele teve um tempo antes de assumir o poder de fato, como presidente, para, pelo menos, encaminhar o mandato dele. São cinco anos nessa quebrada do golpe sem conseguir um troféuzinho e sem conseguir botar o time no azul. É demais, hein? Que legado. Que trabalho maravilhoso”, finalizou.

Torcedores.com

9 comentários

  1. O Arnaldo tem algumas afirmações no minimo idiota, só olhar o cenario da epoca, por que o Aidar caiu?, por que o seu Vice de futebol Ataide GIL afirmou que ele estava lesando o clube, lembro que tinha uma gravação de pessima qualidade tambem, teve as comissoes da namorada Cinira e tambem afirmacoes do proprio aidar que o VP de Marketing Douglas tava sempre pedindo uma taxa para todos os contratos, fora o rolo com a UNDER armour, então não vejo golpe nenhum, tenho absoluta certeza que hoje o São Paulo estaria ainda pior caso ele tivesse caido, o Leco é pessimo presidente porem falar em golpe nesse caso é achar que tudo que o Aidar fez foi normal,

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!