5 jogadores que atuaram pelo São Paulo e são odiados pela torcida

LÚCIO

Lúcio chegou com expectativa de resolver os problemas defensivos do São Paulo em 2013, porém cometeu muitos erros dentro de campo e ficou marcado pela torcida. Os são-paulinos não esquecem a expulsão do zagueiro na partida contra o Atlético-MG, pela Libertadores daquele ano.

MICHEL BASTOS

Michel Bastos chegou a viver ótimos momentos pelo São Paulo, porém caiu de rendimento na reta final de 2015 e em 2016, sendo muito cobrado pela torcida. Depois de marcar em uma partida contra o Sport, o meia comemorou fazendo o gesto de “silêncio” para os tricolores na arquibancada.

OSCAR

Oscar é chamado de “Judas” pela torcida do São Paulo por ter deixado o clube que o formou após uma disputa judicial, ainda em 2010. O meia reunia grande expectativa após se destacar pela base e foi considerado um traidor pelos são-paulinos.

DENIS

Além de cometer falhas significativas no ano seguinte à aposentadoria de Rogério Ceni, Denis irritou a torcida do São Paulo com posicionamentos considerados arrogantes fora de campo, reclamando da falta de espaço e paciência.

LUCÃO

Lucão subiu aos profissionais com a perspectiva de se tornar um zagueiro de peso, porém logo acumulou falhas em partidas importantes, como em um clássico pela torcida, e caiu em desgraça com a torcida. Após ser muito criticado em um jogo contra o Atlético-MG, disse: “Para a alegria de muitos aí, já, já eu estou indo embora”.

Gazeta Esportiva

12 comentários

  1. De todos o menos culpado e lucão,não me lembro de fazer corpo mole ,mais não tem como negar que o garotinho não jogou nada com a camisa do São Paulo .

    • Não vou dizer que honrou a camisa, pois pra isso precisa jogar muita bola.

      Mas sempre foi profissional, em campo sempre se empenhou.

      Sinceramente gostaria de vê-lo bem em outro clube.

    • A palavra ódio é forte demais e deveria ser evitada pelo jornalista. Nem acho que seja o caso com os nomes citados. Principalmente Denis, o qual permaneceu no clube tantos anos a espera de sua oportunidade. Não deu certo, mas honrou o clube enquanto esteve ali. O mesmo para Lucão, prata da casa, mas que não teve sorte ao passar por um clube de momento conturbado politicamente e torcida impaciente. Michael Bastos teve bons momentos também. Enfim em tempos de pandemia sem e sem futebol, a falta de assunto é sintomática.

  2. Não tenho nada contra nenhum deles. Acho que o melhor de todos para o SPFC foi o Michel Bastos. Só não quero ver nenhum deles vestindo nossa camisa, pois provaram que aqui não foram bem. Principalmente o Lucão, que apesar de parecer ser uma boa pessoa, está na profissão errada com certeza.

  3. O Lúcio na época foi uma contratação sem nexo nenhum (com aval do Ceni….), a zaga estava arrumada com Tolói e Rodolfo. Time tinha sido campeão no ano anterior com esta defesa,

    Trouxeram um veterano em fim de carreira que só contribuiu pra nos afundar na Libertadores. Ok que não dá pra botar só na conta dele a eliminação, o segundo jogo foi um dos maiores vexames que já vi. Mas com certeza se não fosse a expulsão imbecil no Morumbi, teríamos muito mais chances.

    Oscar nem comento, não mereço menção por parte de nenhum são-paulino.

    Os demais não tenho nada contra não, estão na mesma lista das centenas de contratações desastrosas dos últimos anos.

  4. Ódio é uma palavra sem fundamento, mas são decepções, além desses tem muitos outros, alguns deles:
    Ricardinho, Wesley, Carlinhos, Suelio, Douglas, Cicero, Maicon, Marlon, Centurion, Caete, Denis, Bruno, Lucão, Rick, Biro biro, Rodrigo Caio, Carneiro, Washington, Fernandão, Fred, etc…

  5. Tiraria o Oscar , o Lúcio pk jogaram pouco pelo clube ! Colocaria o Hudson ( péssimo tecnicamente, qeria escolher posição pra jogar, um pesadelo de jogador) e o jucilei ( lento, ganhava uma fábula e displicente )

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!