LÚCIO

Lúcio chegou com expectativa de resolver os problemas defensivos do São Paulo em 2013, porém cometeu muitos erros dentro de campo e ficou marcado pela torcida. Os são-paulinos não esquecem a expulsão do zagueiro na partida contra o Atlético-MG, pela Libertadores daquele ano.

MICHEL BASTOS

Michel Bastos chegou a viver ótimos momentos pelo São Paulo, porém caiu de rendimento na reta final de 2015 e em 2016, sendo muito cobrado pela torcida. Depois de marcar em uma partida contra o Sport, o meia comemorou fazendo o gesto de “silêncio” para os tricolores na arquibancada.

OSCAR

Oscar é chamado de “Judas” pela torcida do São Paulo por ter deixado o clube que o formou após uma disputa judicial, ainda em 2010. O meia reunia grande expectativa após se destacar pela base e foi considerado um traidor pelos são-paulinos.

DENIS

Além de cometer falhas significativas no ano seguinte à aposentadoria de Rogério Ceni, Denis irritou a torcida do São Paulo com posicionamentos considerados arrogantes fora de campo, reclamando da falta de espaço e paciência.

LUCÃO

Lucão subiu aos profissionais com a perspectiva de se tornar um zagueiro de peso, porém logo acumulou falhas em partidas importantes, como em um clássico pela torcida, e caiu em desgraça com a torcida. Após ser muito criticado em um jogo contra o Atlético-MG, disse: “Para a alegria de muitos aí, já, já eu estou indo embora”.

Gazeta Esportiva