Assim como no início do ano, o São Paulo não tem pretensões de fazer altos investimentos no mercado da bola para o retorno das equipes após a pausa nas competições por causa da pandemia do novo Coronavírus. Devido à crise financeira que vem assombrando os lados do CT da Barra funda, diretoria e comissão técnica do clube decidiram recuperar os jogadores que já estavam no plantel, além de promover garotos da base, já que no ano passado, Antony e Igor Gomes foram os melhores da equipe.

No entanto, Fernando Diniz deve contar quatro reforços quando as atividades forem retomadas. O goleio Tiago Volpi e os atacantes Gabriel Sara e Helinho devem ser liberados pelo departamento médico. Já o uruguaio Gonzalo Carneiro voltará a trabalhar após cumprir um ano de suspensão por ter testado positivo em exame antidoping. A informação é de José Eduardo Martins, repórter do portal UOL Esporte.

Helinho está recuperado de lesão e voltará a ficar à disposição de Fernando Diniz. Foto: Getty Images

Os três primeiros jogadores já estavam integrados ao elenco, mas sofreram graves lesões ao decorrer da temporada. Um dos pilares do time, Volpi se machucou no penúltimo jogo do time, que foi contra a LDU, do Equador, no Morumbi, válido pela 2ª rodada da Copa Libertadores da América. O jogador precisou usar proteção no local, mas já foi autorizado para trabalhar no campo. Com quase dois meses sem futebol, acredita-se que o arqueiro já esteja recuperado e 100% pronto para voltar a ficar à disposição do comandante são-paulino.

Já Gabriel Sara sofreu logo no ínico da temporada, em janeiro, uma fratura no quinto metatarso do pé esquerdo e precisou ser submetido a uma cirurgia. Aposta das categorias de base, o jogador trabalhou no Reffis nos últimos meses para se recuperar fisicamente, enquanto que Helinho também ficou afastado da equipe desde janeiro. O atacante teve uma lesão de ligamento no tornozelo esquerdo, causada por uma dividida com o zagueiro Gustavo Gómez, durante o clássico contra o Palmeiras.

Por fim, o uruguaio Carneiro, que ficou um ano afastado após ser pego no exame antidoping, ganhou o apoio do técnico Fernando Diniz e será reintegrado ao elenco, com vistas a receber algumas oportunidades quando os campeonatos forem retomados.

Bola Vip