Ex-jogador do São Paulo, o volante Maicon, atualmente no Grêmio, ganhou um processo contra o clube, aberto em 2016, devido à falta de pagamento de adicionais noturnos e atividades realizadas aos domingos e feriados no período em que defendeu o time paulista (de 2012 a 2015).

A condenação ao São Paulo é, inicialmente, o pagamento de R$ 200 mil ao atleta. No entanto, o processo segue aberto, e os valores podem chegar até R$ 700 mil com os juros e correções monetárias, de acordo com o advogado de Maicon, Leonardo Laporta. Ainda cabe recurso. A informação foi divulgada pelo Uol e confirmada pelo GloboEsporte.com.

Após o ganho da causa, alguns torcedores do São Paulo foram às redes sociais de Maicon criticá-lo por ter processado o clube.

O jogador, então, respondeu às críticas em seu perfil no Instagram. Em um texto, ele pediu “menos mimimi” aos torcedores e sugeriu que ele cobrem “quem administra seu clube que parou no tempo”. Depois, o volante editou a postagem e retirou essa parte.

Postagem de Maicon no Instagram — Foto: Reprodução

https://globoesporte.globo.com/futebol/times/sao-paulo/noticia/maicon-ganha-processo-contra-o-sao-paulo-e-rebate-torcedores-clube-que-parou-no-tempo.ghtml?utm_source=Twitter&utm_medium=Social&utm_campaign=ge_saopaulo