Sidão diz que substituir Ceni e pressão por títulos pressionam goleiros no SPFC

O goleiro Sidão, atualmente no Figueirense, participou de live no ‘Esporte Interativo’ e um dos assuntos, claro, foi sobre a passagem questionada pelo São Paulo.

Sidão comentou a pressão por substituir Rogério Ceni: “Acho que tem dois fatores aí, um é de substituir um dos maior ídolos do clube e a outra é que o São Paulo está a muito tempo sem ganhar título, então o torcedor está meio de saco cheio, qualquer coisa negativa, ela vai ter uma proporção muito grande. Então se ganhar um título vai tirar um pouco dessa sombra, não do Rogério, porque esse aí vai ser pra sempre, mas sempre vai ter esse peso pra quem joga no São Paulo”.

Questionado no Morumbi, Sidão relembrou o começo no São Paulo: “Confesso que no começo era difícil, a gente tava lá na Florida Cup, e dentro do ônibus eu me pegava pensando ”caramba, o Rogério Ceni ta ali na frente”, que você estava jogando contra ele ou assistia ele jogar e agora está trabalhando com ele, vai te fazer pensar que você mereceu estar ali, então no começo batia um nervosismo mas depois ia entrando nos eixos”.

Indicado por Rogério Ceni em 2017, Sidão agradeceu o ex-goleiro: “Eu sempre que tenho oportunidade de falar com ele, eu agradeço, realmente mudou a minha história no futebol. Em 2016 com o Audax era uma coisa, depois eu apareci no Botafogo e no São Paulo que eu consegui aparecer para o cenário nacional e ser chamado para jogar lá pelo maior ídolo do clube, realmente mudou muito a minha história”.

A passagem de Sidão pelo São Paulo foi questionada, em 2017 atuou em 27 jogos, começou como titular, perdeu a posição, mas reconquistou vaga e terminou a temporada ajudando o time a escapar do rebaixamento, mas em 2018 mesmo com 46 jogos, acabou sendo muito criticado pelas falhas constantes e perdeu espaço de vez no Morumbi.

SPFC24Horas

5 comentários

  1. Nao Sidao, o que atrapalhou voce por exemplo foi a sua ruindade extrema e a falta de noção da diretoria de ter colocado vc como goleiro num clube como o SP, afinal, veja só sua carreira depois disso.

    O Volpi vai muito bem, obrigado. Mesmo sem títulos ainda, mesmo com pressão.

  2. Curioso o fato do Volpi não sentir essa pressão pela escassez de títulos!!! Assumi que dói menos Sidão, seu nível é aquém do São Paulo, nas a culpa não é sua e sim de quem o indicou,contratou.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!