Agente de Rodrigo Caio lembra episódio polêmico: “Covardia do São Paulo”

Depois de um período difícil no São Paulo e cobrança de parte da torcida, Rodrigo Caio entendia que era o momento de respirar novos ares. Por pouco, o zagueiro não parou no Barcelona, que buscava uma peça para o setor. Mais tarde, surgiu o Flamengo e logo as tratativas avançaram.

Apesar da pouca idade, Rodrigo Caio nunca se escondeu nos momentos mais difíceis da equipe. Pelo contrário, nas crises, era sempre um dos poucos a dar explicações. A sua continuidade no clube, talvez, tenha sido prejudicada após uma polêmica no clássico contra o Corinthians.

Na ocasião, o jogador avisou ao árbitro Luiz Flávio de Oliveira, que tinha punido Jô com um amarelo após um pisão no defensor, que o verdadeiro autor da falta tinha sido o goleiro tricolor. O cartão, que tiraria o atacante do segundo jogo, em Itaquera, foi retirado. “Não fiz nada demais, fiz só o que deveria fazer”, disse Rodrigo Caio.

A atitude, porém, não teria sido bem digerida nos bastidores do São Paulo. Em entrevista ao canal do jornalista Alexandre Praetzel, o atual empresário de Caio, Nick Arcuri, faz duras críticas a maneira como o clube tratou o jogador.

“Usaram aquela eliminação para o Corinthians e aquilo foi uma covardia com o atleta. A essência do Rodrigo Caio é essa. Naquele momento, Rodrigo Caio chamou o árbitro e falou a verdade. Crucificá-lo, como foi feito, foi uma covardia. Um menino da base que se expunha muito pelo perfil de liderança, se colocava muito como um torcedor. Acabaram criando um desgaste para ele, mas estou sempre com ele pela essência da verdade”, disse.

Torcedores.com

5 comentários

    • Aham, ta “serto”. Nunca me esqueço do episódio em que ele faz birrinha por ser escalado na ld com o Aguirre…excelente profissional mesmo..

  1. Bom zagueiro….mas quando falhou
    nunca assumia os erros, fora que não aceitou banco quando voltando de contusão e fez biquinho, ajudou a derrubar Aguirre….acertou em campo ao ajudar o árbitro à não errar em uma decisão, mas agiu de forma errada com seu técnico na época…será que é tão ético assim? Mas sempre jogou com vontade….segue o jogo

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!