R$ 11 MILHÕES: Olé destaca que River Plate ainda deve ao São Paulo por Pratto; veja

Além dos impactos econômicos gerados pela pandemia da covid-19, o River Plate terá que lidar com uma pendência. Desde que chegou ao clube argentino, Lucas Pratto não vem correspondendo às expectativas e, aos poucos, vem deixando de ser prioridade. Porém, o problema é que o time ainda tem uma dívida para acertar com o São Paulo.

Situação essa que ganhou destaque na edição do diário Olé desta quarta-feira. O periódico argentino lembrou que o River ainda deve uma parcela no valor de 2 milhões de euros (aproximadamente R$ 11 milhões) ao Tricolor Paulista pela compra do atacante.

Em setembro do ano passado, o São Paulo entrou com uma representação referente ao atraso da parcela de julho, que à época era equivalente a R$ 9 milhões. Dois meses depois, o River foi novamente denunciado à Fifa por não quitar outra parcela.

Meses depois, em dezembro, o River Plate então efetuou o pagamento dos R$ 18 milhões pendentes. Agora, o clube argentino deve pagar a última parcela e, além disso, cobrir a multa de 15% referente ao atraso.

Defendendo as cores do São Paulo, Pratto foi às redes 14 vezes em 48 oportunidades, média de 0,29 gols por partida. O centroavante integrou o elenco em 2017, temporada que a equipe teve um desempenho abaixo do esperado e chegou a lutar contra a zona de rebaixamento.

Já no River Plate, o atacante foi decisivo na campanha vitoriosa da Liberta em 2018, marcando, inclusive, gol na decisão contra o Boca Juniors. Atualmente, ele perdeu protagonismo e passou a ser um reserva de luxo do técnico Marcelo Gallardo.

Gazeta Esportiva

Um comentário

  1. O dinheiro do Neres foi gasto na compra desse jogador. Além do jogador, o único que lucrou nesse negócio foi o atlético mg. Quem terá convencido o Leco para fazer esse negócio?

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!