Neste domingo, Fernando Diniz foi um dos convidados do programa Mesa Redonda, da TV Gazeta. O treinador do São Paulo aproveitou para falar sobre o assunto mais comentado em relação ao Tricolor desde sábado: uma eventual vinda de Cavani para o time do Morumbi.

A especulação surgiu após Diego Lugano dizer que o atacante uruguaio jogaria no São Paulo antes de atuar pelo Boca Juniors, em um retorno à América do Sul no futuro. Diniz reconhece que seria uma contratação que exigiria uma complexa engenharia financeira, porém não descarta a possibilidade de que pudesse ser concretizada. O técnico do São Paulo utilizou o exemplo de Daniel Alves para explicar seu pensamento.

“Não existe utopia do Cavani no São Paulo. Os clubes brasileiros já reuniram condições para trazer grandes jogadores para o futebol brasileiro. Quem imaginaria que o Ronaldo Fenômeno jogaria no Corinthians ou o Daniel Alves no São Paulo. O Daniel tem mercado na Europa até hoje”, afirmou Diniz.

“Sempre existe a possibilidade. Não sei se o São Paulo vai trazer ou não, a engenharia financeira é sempre difícil, mas às vezes as coisas acontecem. Se ele pudesse vir, é claro que ficaríamos muito felizes”, completou.

Por fim, Diniz não esconde que Cavani seria um reforço de grande valor técnico para o São Paulo e que o atacante certamente teria espaço na equipe.

“Sempre tem (espaço) para um jogador desse nível, praticamente no auge da carreira, jogando bem constantemente. Qualquer um gostaria de ter o Cavani no time”, finalizou.

Terra