Amigos tricolores,

Sempre que os campeonatos são paralisados, há a falta de pauta por parte da imprensa esportiva e começam as especulações. Cada uma que dá vontade de rir, como as que sempre saem no time do BNDES, algumas, acabam se tornando realidade. Sabemos como funciona, empresário planta a notícia para valorizar o seu jogador, assim ele consegue um aumento de salário ou força uma transação, que pode nem ser com o time que está de olho, apesar, que grandes times sempre estão de olho em talentos. Parece que estamos em Janeiro quando todos estão de férias, ai, sem pauta, começam os chutes, muitos deles, como os do Anthony: fracos e previsíveis.

A bola da vez é Igor Gomes

Sua multa que poderia render muitos milhões de reais aos cofres do São Paulo, sendo a maior venda da história do futebol nacional. Meu medo é, se vender, é a reposição do nível de Kieza, Ytalo, Wellington Nem, William Faria, Neilton, Gonzalo Carneiro poderiam vir.

Igor Gomes tem habilidade, é inteligente, tem boa visão de jogo e chega bem na área, mas não sei se já pronto para chegar na Europa, ainda mais custando esse valor, o que aumentaria muito a sua responsabilidade.

Pelo o que li, Real Madrid, estaria disposto a oferecer quase 300 milhões de reais pelo passe do meia. Será que um jogador, de 21 anos, que chega a um dos maiores clubes do mundo, por esse valor, chega para ser reserva? Ou para ser preparado para assumir a titularidade? Ou já chega para ser titular?

Na minha visão, é um valor muito alto para uma promessa. E, até se adaptar a Espanha, língua, comida, cultura, treinamento e tipo de campeonato, ele será muito criticado pela torcida e imprensa. Pelo menos 1 ano para isso. Basta ver Vinicius Jr e Rodrygo como estão sendo criticados no time de Madrid. Isso é muito normal, faz parte do período de adaptação. Mas Igor está preparado?

Igor tem muito potencial

Isso já está mais que comprovado. Confesso que na base, eu não era muito fã do seu futebol, mas no profissional ele se mostrou diferenciado. Está muito cedo para comparar ao Kaká, até porque essa comparação pode ser prejudicial ao meia, não apenas pela responsabilidade de ser comparado a quem já foi o melhor do mundo, mas se a cabeça do Igor Gomes não for boa, ele se perde com essa comparação em poucos jogos.

Sabemos como isso prejudica. Olha o Robinho, a eterna promessa, que chegou a ser chamado de “Novo Pelé” pela imprensa. Sérgio Motta era o novo Kaká e vimos no que deu! Muita calma, Igor Gomes é um jogador diferente, mas ainda é um jogador em formação, só tem 21 anos!

Encaixou o meio de campo do São Paulo

Quando o meia voltou da seleção, Diniz fez um teste, recuando Daniel Alves para uma posição de 2o volante, deixando Tchê-Tchê na proteção da defesa e liberando Igor Gomes para armar. O São Paulo evoluiu muito com isso! Daniel Alves não precisa provar nada, mas como camisa 10, não estava rendendo o que esperávamos.

Eu mesmo critiquei o Daniel Alves nessa função algumas vezes, mas agora como um 2o volante, ele tem ido muito bem, basta ver seus números e como o São Paulo cresceu. O lado ruim de tudo isso é que Hernanes perdeu ainda mais espaço no tricolor, ao menos no time titular, pois o profeta tem uma importancia enorme no vestiário, sendo um dos mais respeitados do elenco.

Mas deve ir?

Quem sou eu para dizer o que o jogador deve ou não fazer, mas sinceramente, se ele for é mais um que sai do São Paulo sem criar um vínculo e sem ganhar títulos. Para alguns, isso pouco importa, mas para um jogador que veste a camisa do time do coração, isso importa!!! Para Igor, assim como para Anthony, ganhar um título pelo São Paulo vai além do profissional, tem o amor envolvido.

Ele deveria, na minha humilde opinião, ficar mais um tempo. Talvez, daqui 2 ou 3 anos, ir para a Europa, com 25 anos, mais maduro, se tudo der certo, com títulos conquistados no São Paulo e até, quem sabe mais valorizado. É uma aposta, pois ele, pode também, ter uma queda profissional e daqui 2 ou 3 anos, nem titular do São Paulo ser.

Vida de jogador é aposta, se ele mantiver a sua evolução, a chance dele, e alguns anos, ainda ser destaque, ganhar prêmio de melhor jogador de campeonato, convocação para seleção principal, títulos com o São Paulo é mais viável. Torcemos por isso!

Felipe Morais