Djalma Vassao/Gazeta Press

Uma das grandes joias formadas na base do São Paulo, Antony é mais um jogador que começava a crescer de produção com Fernando Diniz antes da parada pela pandemia da covid-19. Nesta quarta-feira, através de uma transmissão nas redes sociais, o jovem atacante rasgou elogios ao treinador.

“O Diniz é um treinador que me ajudou muito desde quando chegou. É um cara que me dá muita confiança e liberdade para jogar. Um cara muito bom de grupo, que está sempre conversando. Desde quando chegou ele me deu atenção, chamou para conversar. Me deu uma confiança enorme. É um cara que cobra muito, é o perfil dele, mas eu agradeço até pela cobrança que ele vem fazendo”, delcarou.

Aos 20 anos, Antony já tem a sua venda acertada com o Ajax. O seu período com a camisa tricolor começa a se aproximar do fim, já que ele parte para o clube holandês em julho. Com a paralisação no calendário, o número de jogos pelo São Paulo até a sua despedida também diminui.

Na transmissão pela sua rede social, o jogador ainda reafirmou a sua gratidão a Fernando Diniz, que não poderá contar com o atleta no tempo que desejava.

“Ele até falou que queria ter mais tempo, queria me preparar melhor, mas que está muito feliz por mim. Eu agradeço muito a ele, por ter me ajudado até aqui. E é um treinador que agregou, está agregando e que vou levar para o resto da minha vida”

Assim como a maioria da população na capital paulista, o elenco do São Paulo segue em quarentena por conta da pandemia. Os atletas realizam atividades em casa para manter a forma física, e Antony revelou ansiedade para voltar aos gramados e viver seus últimos momentos pelo clube.

“Tenho pouco tempo, e quero aproveitar muito. Não vejo a hora de ver nossa torcida de novo. Estávamos vivendo um bom momento e, quando voltar, vamos dar continuidade no trabalho para voltar em alto nível. Não vejo a hora de voltar a vestir a camisa do São Paulo de novo. Não tem data ainda, mas que passe o mais rápido possível porque estou ansioso para jogar e vestir essa camisa de novo”, pontuou.

Gazeta Esportiva