Telê Santana, técnico do São Paulo FC, durante treino no Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi), na Zona Sul da capital paulista.


Amigos tricolores,

Em época dessa pandemia, não ver o São Paulo na TV é péssimo. Todas as 4as, eu sento na frente da TV e penso como é chato uma 4a feira, sem ver o São Paulo jogando uma Libertadores, mas, penso nos meus amigos corintianos e me consolo, pois 4a sem Libertadores, é uma constante para eles. Bem, brincadeiras à parte, vamos ao artigo da semana, que é inspirado em uma brincadeira que tem sido feita principalmente no Twitter. chamada “entre todos que viu jogar no seu time…” onde há uma lista e vamos preenchendo um a um.

Peguei alguns pontos, fui preenchendo com o que eu achei, mas a ideia desse artigo é ler, o que vocês, leitores queridos, dizem de cada um dos pontos levantados aqui. Vamos deixar bem claro que cada um dará a sua opinião e isso precisa ser respeitado, ok?

Até porque temos pessoas de diversas idades lendo esse blog, ou seja, pessoas que viram Pedro Rocha em campo, outros que cresceram vendo e admirando os Menudos, pessoas da minha geração que fortaleceram seu amor pelo São Paulo vendo o São Paulo do Telê e claro, a geração mais nova de Rogério Ceni e Muricy Ramalho, portanto, vamos respeitar o repertório de cada um! E para ficar legal, só vale um por categoria, assim fica mais divertido, pois a escolha torna o jogo mais interessante.

Vamos começar a brincadeira?

Melhor na bola parada: Rogério Ceni

Melhor gringo: Dario Pereyra

Mais decisivo: Raí

Mais raça em campo: Pintado

Só eu gostava: Paulo Henrique Ganso

Que mais cornetei: Reinaldo

Melhor goleiro: Zetti

Melhor lateral direito: Zé Teodoro

Melhor zagueiro: Ricardo Rocha

Melhor lateral esquerdo: Serginho

Melhor volante: Alemão

Melhor meia: Raí

Melhor atacante: Muller

Melhor centroavante: Careca

Melhor técnico: Telê Santana

Gol memorável: Careca, final Brasileiro 1986

Melhor time (que jogou junto): Menudos do Morumbi

Detestou ver com a camisa do São Paulo: Ricardinho

Pior jogador que viu: Pabón

Pior técnico: Adilson Batista

Queria ter visto jogar: Pedro Rocha

Jogo memorável: São Paulo X Newell’s Old Boys, final Libertadores 1992

Jogo memorável que viu no estádio: São Paulo 4X3 Unión Espanhola, Libertadores 1994

Derrota mais dolorida: São Paulo X Vélez Sarsfield, Libertadores 1994

Maior ídolo que vestiu a camisa do São Paulo: Raí

Quem gostaria de ter visto jogando no São Paulo: Romário

Estiquei um pouco a brincadeira, mas agora é com vocês!

*Felipe Morais. Publicitário, apaixonado pelo São Paulo Futebol Clube. Sócio da FM Planejamento, Palestrante sobre marketing digital, comportamento de consumo e inovação. Autor dos livros Planejamento Estratégico Digital (Ed. Saraiva) e Ao Mestre com carinho, o São Paulo FC da era Telê (Ed Inova) – http://www.livrotelesantana.com.br/  – facebook.com/plannerfelipe e @plannerfelipe