“Parada está supervalorizando esse momento do São Paulo e do Diniz” diz comentarista

Nos dois últimos jogos do São Paulo antes da parada do futebol no Brasil devido à pandemia do novo coronavírus, o time comandado pelo técnico Fernando Diniz conseguiu vitórias com boas atuações, o que deixou o torcedor confiante após um período de instabilidade desde a chegada do treinador.

Durante o primeiro bloco do podcast Posse de Bola #26, Mauro Cezar Pereira analisa o trabalho do comandante são-paulino e avalia que ainda é cedo para uma empolgação com os jogos mais recentes, já que houve tropeços consideráveis em partidas anteriores.

“O time vinha jogando bem, mas resultado e desempenho, foi em dois jogos. O jogo contra a LDU [pela Libertadores] e o jogo contra o Santos [pelo Paulistão]. Eu acho que essa parada também está supervalorizando esse momento do São Paulo e do Diniz. Não houve tempo para que ele pudesse acumular uma sequência de bons jogos com bons resultados, foram somente dois”, afirma o jornalista.

“Vamos voltar um pouquinho. Partida anterior a esses confrontos contra LDU e Santos, foi o jogo com os reservas contra o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto, que foi um horror. Ah foi o time reserva! Mas foi um time reserva preguiçoso, banana, que não estava nem aí, perdeu assim de forma esquisita, até pelo desinteresse até de jogadores que deveriam estar ali motivados, querendo vaga na equipe principal titular. E o outro jogo foi o Binacional. O São Paulo perdeu para o Binacional, perdeu um caminhão de gols”, completa Mauro.

O blogueiro do UOL faz uma comparação com um período parecido na temporada 2019, quando Vagner Mancini assumiu o cargo de técnico de forma interina, após a saída de André Jardine, e conseguiu animar o torcedor na campanha até a final do Campeonato Paulista. “É típico de time que está vivendo um jejum, caso do São Paulo, isso me lembra a euforia provocada pelos resultados do Vagner Mancini há um ano, aproximadamente, no Campeonato Paulista. Quando venceu um jogo [contra o Ituano], empatou o outro, empatou duas vezes com o Palmeiras e ganhou nos pênaltis, foi para a final do Campeonato Paulista e parecia que o São Paulo tinha enfileirado vitórias épicas”, afirma Mauro.

Para o jornalista, os bons resultados antes da parada ajudam o treinador a ter tranquilidade para trabalhar quando os campeonatos forem retomados, mas ele precisará manter a sequência que o time apresentou nas duas partidas antes da paralisação. “Ainda faltam ajustes e acho que eles só vão poder ser feitos quando o time voltar a jogar para valer. Por enquanto, ele está surfando numa onda de tranquilidade, o que é ótimo para ele e para o São Paulo”, finaliza.

UOL

5 comentários

  1. Mauro Cesar, o flamenguista, está se doendo por seu time ter empatado as 2 partidas contra o SP ano passado, no Morumbi ainda era o Cuca, o SP poderia ganhar o jogo, principalmente no 2° tempo, levando em consideração a falta criminosa no Pato, que fez ele sair e a não expulsão do Truler.
    Já no Maracanã, o Antony desperdiçou uma boa chance, se ele soubesse chutar direito e com força seria 1×0, mesmo se defendendo o tempo todo.
    Levo em consideração os jogos em que o SP foi assaltado de forma consecutiva, e contra o Botafogo em Ribeirão foi feio de ver, frustrante, mas serviu pra prejudicar as galinhas, o choro é livre!

    • No Maracanã já era o Diniz, vale a ressalva, pois abandonou seu estilo de jogo para ter um resultado que não fosse a derrota.

  2. kkk esses comentaristas criticam elogiando, como se o cara fosse feio e bonito ao mesmo tempo.
    quem ta surfando é a imprensa sem noticia, o Diniz e o SPFC estao na deles, caladinhos de quarentena, já os seguradores de microfone nao conseguem se segurar kk

  3. A meu ver o comentário dele é coerente, pois a maioria dos comentaristas analisam resultados se o time ganha duas seguidas de bons times é considerado excelente e está tudo ótimo se perder duas está tudo errado e o time é péssimo. Ao meu ver ele disse exatamente o que eu penso, vencemos duas partida das contra dois grandes adversários e já viemos fazendo bons jogos há algum tempo, mas é cedo para afirmar que o time igrenou.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!