Diniz não é um treinador para o Brasil, define Daniel Alves

Sem as atividades normais do futebol, alguns jogadores no Brasil seguem muito atuantes nas redes sociais. Esse é o caso de Daniel Alves, ídolo e principal nome da atualidade no São Paulo. Neste domingo, em uma transmissão ao vivo pelo Instagram, o atleta voltou a falar sobre o que considera como diferencial em Fernando Diniz, seu atual comandante no Tricolor.

“O Diniz hoje é um treinador que não é para o Brasil. O conceito é muito mais inovador, mais moderno, mais completo. É um treinador que faz com que jogadores que eram bons sejam f…, elevando os caras”, explicou.

Desde 2019 no São Paulo, Diniz conta com grande respeito dos atletas, o que facilitou bastante sua adaptação. Em função disso, ele conseguiu superar a pressão interna no Tricolor e seguir com seu trabalho para a temporada 2020.

Daniel Alves lembra que Fernando Diniz já chamava sua atenção antes mesmo de trabalharem juntos. O craque falou sobre um encontro com o técnico quando ainda jogava no PSG. “A primeira coisa que eu falei para ele (Diniz) foi: você não tem os executores que precisa. O dia que tiver, vão começar a te olhar com bons olhos”, comentou.

Gazeta Esportiva

2 comentários

  1. Como ele pode dizer que ele não tem matéria para executar o que quer ? São só uns chutadores de bola.

    Aqui os meninos jogam futebol desde os 3 anos de idade. Como não tem manteria prima ?

    Até jogador ruim do Brasil é melhor que os ruins da Europa.

  2. Diniz só vai mudar de patamar quando conseguir transformar bom futebol em título. Técnico bom, jogador bom, não precisa de toda uma estrutura pra render. Se é diferenciado ele da um jeito de fazer a diferença.

    Me lembra mto a trajetória do Ganso: “ah quando o Ganso cair na mão de um treinador europeu vai voar. No Brasil não é compreendido”. E deu no que deu.

    Estou mto satisfeito com o trabalho e apoio o Diniz mas não caio nesse oba-oba.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!