De Rogério Ceni a Serginho Chulapa: os 10 maiores goleadores da história do São Paulo

A lista de maiores artilheiros do São Paulo inclui nomes como Müller, Luis Fabiano e Leônidas da Silva. Alguns são mais lembrados, outros menos, mas todos fizeram sua história na equipe do Morumbi.

Serginho Chulapa: 242 gols

De 1973 até 1982, defendeu as cores do Tricolor. Para alguns, desengonçado. Mas para a torcida, matador. Em 399 partidas, marcou 242 gols. Neste período, ganhou 3 Campeonatos Paulistas e 1 Campeonato Brasileiro.

Gino Orlando 233 gols

De 1953 até 1962, o atacante Gino Orlando marcou 233 em 433 jogos. Era conhecido como “Tanque” porque bastava um passe ou um descuido para dinamitar as redes adversárias. No período em que esteve no Tricolor, Gino foi 2 vezes campeão estadual.

Luís Fabiano: 212 gols

Certamente o maior artilheiro Tricolor contemporâneo. Luís Fabiano teve 2 passagens pelo São Paulo, entre 2001 e 2004 e de 2011 a 2015. Com 352 jogos e 212 gols, foi campeão do Torneio Rio-São Paulo 2001 e da Copa Sulamericana.

Teixeirinha: 188 Gols

Foram 525 jogos com a camisa Tricolor, entre os anos de 1939 à 1956. Nesse Período foi 6 vezes campeão Paulista.

França: 182 gols

Alguns craques apenas recebem uma nota, mas outros merecem uma enciclopédia. França deveria ter uma enciclopédia pelo período que jogou no São Paulo. Disputou 327 jogos entre 1996 e 2002. Conquistou 1 Rio-São Paulo em 2001 e 2 Campeonatos Paulistas, em 1998 e 2000.

Luizinho: 173 gols

Defendeu o Tricolor de 1930 a 1947. Pequenino mas muito eficaz. Disputou 264 partidas, nesse período foi 4 vezes campeão paulista.

Müller: 160 gols

muller1993taca.jpg

Müller é mais um daqueles que merecem uma enciclopédia. Mas não só pelas 387 partidas disputadas pelo São Paulo nas suas três passagens. Mas principalmente por ter sido multi-campeão, com destaque para o bicampeonato da Libertadores e do Intercontinental.

Leonidas Silva: 144 gols

Certamente o melhor jogador da primeira metade do século XX. O Diamante Negro escreveu seu nome na história do São Paulo. Atuou em 211 jogos, conquistando 5 Campeonatos Paulistas, entre 1942 e 1950.

Maurinho: 136 Gols

Para muitos, o artilheiro do desespero, sendo um notável marcador dos últimos minutos. Em 347 jogos pelo São Paulo, conquistou 2 Campeonatos Paulistas, em 1953 e 1957.

Rogério Ceni: 131 Gols

Esse mereceria mil páginas da enciclopédia, mas seria difícil dizer se seria um livro sobre Rogério Ceni ou São Paulo. Em 1231 partidas disputadas, o goleiro marcou 131 vezes de falta e de pênalti. E além de balançar as redes, Rogério foi um grande campeão pelo Tricolor, com destaque para os títulos da Libertadores e o Mundial de 2005.

Fotos: Site Oficial

3 comentários

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!