O adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio deixou mais distante o sonho de Igor Gomes de disputar uma edição do evento. O meio-campista do São Paulo espera estar, agora em 2021, com a Seleção Brasileira Sub-23 comandada por André Jardine. Por enquanto, ele segue o isolamento, assim como os demais jogadores, em razão da pandemia mundial do novo coronavírus, como contou em entrevista ao GloboEsporte.com.

“É uma pena tudo o que aconteceu. Esse ano tinha tudo para ser… tem ainda para ser maravilhoso. Lógico que criamos expectativas, por ser ano de Brasileiro, Libertadores e Olimpíada. Ver da forma que foi adiado é meio frustrante, mas a cabeça segue a mesma. Tenho desejo de jogar pela Seleção Brasileira, desejo de jogar uma Olimpíada e representar meu país em competições importantes. Vou seguir trabalhando e me dedicando nos jogos e treinamentos para ser recompensado de uma maneira muito positiva”, disse.

“Estou com a minha família. Nada diferente do que faço nas férias. Não estou vendo amigos próximos, jogando meu futevôlei, mas é uma causa nobre. Temos que nos atentar a isso, porque não é uma brincadeira. Estamos lidando com vidas humanas. Quanto mais formos conscientes da situação, melhor”, destacou.

Com a paralisação dos campeonatos, Igor Gomes segue as orientações de treinos do clube em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo. Um dos principais atletas do elenco dirigido por Fernando Diniz, ele foi contemplado com aumento de salário e permanece vinculado ao Tricolor até 31 de março de 2023.

“Assim que soube que o São Paulo queria fazer esse reajuste salarial, fiquei muito feliz. A torcida grita meu nome e eu me sinto honrado pelo que estou apresentando. Fico feliz e agradeço a confiança. Espero cada vez mais retribuir em campo. Não que (o aumento) seja algo que vai influenciar ou atrapalhar. Não ligo muito para isso. Mas lógico que é uma parte importante e fico feliz de estar acontecendo na minha vida”, afirmou.

No Pré-Olímpico disputado na Colômbia, o jogador de 21 anos fez parte do grupo que conseguiu a classificação na última rodada ao bater a campeã Argentina por 3 a 0. Paulinho e Matheus Cunha (duas vezes) marcaram os gols daquela partida.

Torcedores.com

Anúncios