Dani Alves critica Bolsonaro e internet vira guerra política em meio à crise com debates calorosos nas redes sociais

Na noite dessa terça (24), Daniel Alves se posicionou contrariamente ao pronunciamento oficial de Jair Bolsonaro. Nesta quarta (25), o jogador voltou para as redes sociais para criticar a postura do atual Governo.

Se Dani não fosse jogador do São Paulo, eu nem postaria e quase não postei porque não queremos o Blog como ringue político. Mas, como estão dizendo que estou protegendo X ou Y de comentários, serei isento e colocarei a matéria em debate porque temos isonomia.

Pedimos por favor, de não transformarem o site em campo de guerra de política. Que se debata de modo saudável.

O crivo de moderação será afiado já que estamos pedindo que sejamos construtivos e respeitosos nos comentários.

O clima na internet com as pessoas em casa, virou guerra, debates agressivos. Não vamos passar batido mas não queremos isso aqui.

Sobre Dani, até mesmo torcedores discutiram com ele, há quem discorde de parte a parte. Por isto, sejamos respeitosos:

Daniel o respondeu. Enfático, o jogador continuou criticando o presidente. “Então ele deveria cuidar de vocês nesse período difícil. Em vez de mandá-los para a rua, ele deveria ajudar vocês com o tempo que estiverem parados”, escreveu.

Bolsonaro, nessa terça, minimizou o risco do coronavírus, chamou a doença de gripezinha e falou que a população deveria voltar para as ruas.

No Brasil, o coronavírus possui 2.433 casos confirmados e 57 mortes. Os dados são das secretarias estaduais de Saúde, divulgados até 17h.

29 comentários

  1. O que essa galerinha não entende é que a maior parte da população brasileira sai pra trabalhar durante o dia pra garantir o jantar a noite. Fica fácil pregar uma quarentena total e absoluta quando seu salário vai pingar na conta, não importa o que aconteça.

    Um debate sério da quarentena horizontal X quarentena vertical fica muito difícil quando as pessoas hoje se preocupam mais com a lacração do que com a argumentação.

    Quanto ao SPFC, dessa vez não vai ter manifestação do Raí pra dizer que o posicionamento do Daniel Alves não é necessariamente o mesmo da instituição, como ele fez no episódio do Diego Souza? Seria no mínimo coerente com uma postura democrática que ele prega.

    Difícil esperar coerência desse pessoal que bate no peito pra se dizer democrata, mas que apoia o que acontece na Venezuela, Cuba, China e Coréia do Norte.

  2. Só aceito campanha de famoso que entrar e falar que vai doar respiradores mecânicos a hospitais.

    Muito famoso tem dinheiro aplicado e tem grana para o resto da vida e questiona o cara que o dia que não sair não tem dinheiro para comer.

    Ao mesmo tempo, quando mais rápido a maioria parar, mais rápido a maioria poderia acabar com a quarentena

  3. Olha o blog aí incentivando o debate político aqui ,onde só deveria acontecer debates sobre futebol .
    Só o título da matéria já é um convite ao debate político .
    Mas eu entendo . Falta de futebol ,tem que a algum jeito pra ter comentários .

  4. Eu não critico quem é a favor de trabalhar porque entendo que a condição de cada um é diferente. E não critico quem é a favor da quarentena porque entendo que a condição de saúde de cada família é diferente.

    O problema é que existe uma boa parcela de vontade política da galera imperando, quem é de esquerda não quer que trabalhe porque quer o mau do governo do bolsonaro pra “estar certo” e quem é de direita quer que volte o trabalho não porque realmente está preocupado com a economia, mas para “estar certo”.

    Pra mim é fácil falar “fique em casa” eu trabalho home office, só deixei de ir a academia e diminui as idas ao mercado, agora como que eu posso julgar a realidade do outro? Tem gente que vai preferir arriscar a morrer de corona do que de fome.

  5. Da mesma forma que o Felipe Melo tem direito de se manifestar o Daniel Alves também tem.

    E sinceramente, eu tenho dó é de quem precisa de opinião de jogador de futebol pra levar a própria vida.

      • Aqui todo mundo pode e deve dar opinião. Mas, com respeito e sem ofensas, agressões etc.

        Eu também estou preocupado com a economia e a subsistência das pessoas. Mas acho que decidir isso em prol de vidas, é duríssimo.

        Decidir por X ou Y é fácil, a questão é decidir errado e custar vidas pela doença ou pelo caos. Não é fácil e ninguém pode afirmar o que é certo ou errado sem chance de se arrepender depois.

        • Zanquetta, não me referi ao blog e sim ao Raí que quando da oportunidade em que o Diego Souza se manifestou, correu pros microfones pra deixar claro que a opinião do jogador não representava o clube. Duvido que faça o mesmo agora com o Daniel Alves. E Raí não é dono do SPFC pra escolher um lado em nome do clube.

          As consequências desse lockdown(caso ele se prolongue por muito tempo), serão ainda piores do que a forma que estão combatendo essa doença. Economia em frangalhos mata gente tbm, e de várias formas.

          Quem está certo nesse debate? Só o tempo dirá, mas acho que é muito simplista dividir os “lados” em “quem tá preocupado com a vida” e “quem está preocupado com a economia”.

          Na real todo mundo quer a mesma coisa, porém divergindo na forma de alcançar.

          Abs

            • O próprio Raí já se posicionou a favor do Haddad e toda a comunicação do São Paulo nitidamente é a de um clube progressista.

              Infelizmente é o posicionamento da diretoria e é o que representa o clube hoje. Mas prefiro que eles tenha a liberdade de se expressar dessa forma do que seja uma ditadura, independente da vertente política.

              Agora uma coisa eu digo, com certeza só não tiraram as imagens que tem no vestiário do clube por causa do nome, senão, pela diretoria era capaz de estarem fazendo que nem no Paraná e renomeando para Paulo Futebol Clube para evitar de ofender os ateus e outras religiões.

  6. Daniel Alves está coberto de razão. Prova disso é a Itália, onde o governo cedeu aos empresários e afrouxou o isolamento social quando tinham 17 mortos. Era 28 de fevereiro. Hoje tem mais de 7 mil…

  7. Nem debato politica, e perca de tempo, nao sou de esquerda nem direita, muito menos neutro, apenas me privo de politicagem..

  8. Pra quem ganha 1 milhão e 600 mil por mês, é fácil. Agora os trabalhadores informal fica com? hipócrita. Faz o seguinte, do metade desse salário aí pra saúde e depois volta pra falar merda

  9. Aí nação tricolor esquece a política até porque esse blog é pra falar do nosso spfc estou lançando um desafio escale o melhor saopaulo de todos os tempos o meu eu já escalei.Rogério Ceni-Cafu-Dario pereira-Roberto dias-Leonardo-Chicão-Cerezo-Zizinho-Pedro rocha-Leônidas da Silva-careca/técnico.Telê Santana

  10. Pra vc Daniel , milionário que é, fica fácil passar por essa crise, o que vc não deve saber, é que a grande população Brasileira precisa vender o almoço pra comprar a janta!
    Pra vc fazer quarentena com sua C/C abarrotada , realmente não passará dificuldade alguma!
    Hipócrita de M#@&*

  11. Isolamento vertical não funcionou em nenhum país, e foi abandonado por quem tentou. Inglaterra abandonou a ideia, e nos EUA a ideia está sendo abandonada pelos Estados em situação crítica. A Itália também queria, assim como a Espanha, e vocês podem acompanhar o número de mortos e o colapso da saúde. Colapso, não é fila para ser atendido, é escolher quem vive e quem morre. Quem apresenta a ideia do isolamento vertical, como o Presidente, deve apresentar algum lugar em que isso funcionou.

    A energia de quem está pedindo o isolamento vertical por conta da economia deveria se voltar a cobrar do Governo Federal algum plano de medidas econômicas para mitigar a situação financeira, de todos os setores e faixas, principalmente dos pequenos e médios que são os maiores empregadores do país. A normalidade não vai voltar na marra. Na ausência de algum plano econômico, a saída que o governo achou foi a de forçar a volta à normalidade, no lugar dele liderar algum plano para resolução dos problemas.

  12. Não tem sentido esse lockdown, se analisar os números de casos confirmados e mortes não é assim tão dramático como muitos estão dizendo.

    Analisem cada país, sua população, faixa etária e caso a caso cada vítima, em sua maioria idosos e pessoas com doenças já preexistentes.

    Moro no Japão com quase 30% de idosos em sua população e o número de casos está crescendo em ritmo muito menor que muitos países. Aqui não há quarentena total por enquanto, todos trabalhando quase que normalmente.

    Todos procurem se informar e tomar os devidos cuidados com as pessoas no grupo de risco. Mas o Brasil não pode parar como o mundo também não.

    • Que sorte você tem. Mora num país que o povo segue rigorosamente as decisões das autoridades e por isso fazem uma quarentena inteligente. No Brasil que o povo é indisciplinado nos fins de semana nas comunidades sem saneamento básico o que vemos é baile funk e pancadão. Com um povo deste só a quarentena salva vidas.,

  13. Gosto muito do meu conterrâneo de juazeiro da Bahia Daniel Alves mas tem muito ambulante sem trabalha e passano necessidade mas tem direito de opinar o Brasil é um país democrático

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!