Diniz alcançou após 25 jogos, a melhor marca de um treinador do São Paulo desde Ney Franco na campanha de 2012: 57,33% contra 58,6% do último técnico que venceu um título no Tricolor.

Doriva – 33,33%

Bauza – 44,44%

Ricardo Gomes – 42,59%

Ceni – 50,48%

Dorival Jr – 51,67%

Aguirre – 55,81%

Jardine – 46,67%

Cuca – 47,44%

Diniz – 55,6%

A defesa segue sofrendo poucos gols, o ataque mesmo após os 4×0 ainda não pode ser considerado estabilizado e consolidade e deixa a desejar.

Ao todo, na defesa são 5 gols em 8 jogos, marca de 0,62 gol sofrido por jogo.

No ataque, média de 1,5 gol por partida, números melhores do que 2019 mas que ainda precisam de melhoria e pontaria. Contra a Ponte foram 23 finalizações e apenas 2 gols.

Retrospecto de Fernando Diniz no São Paulo:
25 jogos
12 vitórias
7 empates
6 derrotas
57,33% de aproveitamento

Blog do São Paulo