Igor Vinícius pode fazer sua primeira partida como titular em 2020 neste domingo, às 16h, contra a Ponte Preta. Com dores na panturrilha direita, o espanhol Juanfran pode ser poupado para a estreia do São Paulo na Libertadores, quinta-feira, contra o Binacional (PER), em Juliaca.

O adversário deste fim de semana, curiosamente, é o clube em que Igor Vinícius mais atuou na carreira. O lateral-direito de 22 anos jogou na Macaca no segundo semestre de 2018, emprestado pelo Ituano. Disputou 33 partidas, sendo 31 da Série B e duas da Copa do Brasil, em mata-mata contra o Flamengo. Só virou reserva na reta final do ano, após sofrer uma lesão.

Foi o desempenho na equipe campineira que chamou a atenção do São Paulo, clube que ele defende desde o início de 2019. Em sua primeira temporada pelo Tricolor, emprestado pelo Ituano, o garoto foi acionado em 29 partidas, sendo 22 como titular. O bom desempenho e a larga margem de evolução motivaram a diretoria a comprar 50% dos seus direitos por R$ 2 milhões, assinando um vínculo válido até o fim de 2022.

Em 2020, Igor foi acionado só uma vez até o momento, no segundo tempo da derrota por 2 a 1 para o Ituano. Ele é o reserva imediato de Juanfran, já que Daniel Alves fixou-se como meio-campista, e Diniz o considera para os momentos em que for preciso ter mais força ofensiva.

Igor foi revelado na base do Santos, mas fez apenas duas partidas como profissional do clube, ambas contra o Santos do Amapá, pela Copa do Brasil de 2016. Sem espaço no elenco profissional, que tinha Victor Ferraz praticamente absoluto na posição e Daniel Guedes como alternativa, voltou para o sub-20 e deixou o clube quando seu contrato terminou, em agosto de 2017.

Nascido em Sinop-MT, cidade em que Rogério Ceni iniciou a carreira como goleiro, ele foi um Menino da Vila por quase oito anos. Chegou em 2010, para jogar como volante na equipe sub-13, e com o tempo foi se tornando um lateral de características bastante ofensivas.

Pelo Ituano, foram 14 partidas no Paulistão de 2018, todas como titular. Após emprestá-lo à Ponte Preta, o Galo de Itu até planejava utilizá-lo no Estadual do ano passado, mas não conseguiu segurá-lo após a proposta do Tricolor.

Lance!