Contratado pelo o São Paulo em agosto no passado, o espanhol chegou ao clube com fome de títulos. Inclusive, ele declarou que só pretende voltar à Espanha depois de ser campeão pela equipe tricolor.

O lateral direito foi o convidado desta sexta-feira (28/2) no podcast “Hoje Sim”, do Globoesporte.com, comandado por Cléber Machado.

Durante a conversa, Juanfran destacou o jeito acolhedor do brasileiro, e lembrou de outros jogadores do Brasil com quem ele atuou ao longo da sua carreira vitoriosa, como Miranda, Diego Costa, Diego Ribas e Filipe Luís.

O espanhol jogou por quase nove anos pelo Atlético de Madrid, onde disputou 355 partidas e conquistou sete títulos. Ele revelou que brincou com o seu ex-companheiro de time Filipe Luís, que desde que chegou ao Flamengo já ganhou cinco títulos pela equipe rubro-negra.

“Isso é algo que falei outro dia com o Filipe Luís, que nós dois falamos que não viemos para o Brasil passear. Ele no Rio de Janeiro, e eu em São Paulo. Viemos para ser campeões. Falei para o Filipe: “você já é campeão, agora é minha vez”, brincou o espanhol.

Aos 35 anos, o jogador disse ter se surpreendido positivamente com o Brasil. Isto porque, no senso comum europeu, o país estaria atrasado em relação ao velho continente. No que diz respeito ao futebol entre um país e o outro, Juanfran destacou as semelhanças que percebeu na forma de jogar da Espanha e do Brasil.

“Eu falo hoje que o Brasileirão é muito forte. Temos São Paulo, Flamengo, Grêmio, Palmeiras, Corinthians, Internacional. Eu estou falando de times muito importantes historicamente e que, se chegasse na Europa competiria bem. O nível não é tão diferente. Você viu agora a final (do Mundial de Clubes) entre Flamengo e Liverpool. Foi um jogo muito parelho, e eu acho que cada vez mais o futebol está nivelado”, comentou.

Torcedores.com