“O principal mérito até agora no São Paulo foi o Diniz colocar o Daniel Alves numa posição que não se imaginava” diz jornalista

O São Paulo fez um apoio oficial ao técnico Fernando Diniz em seu site na última semana e o primeiro jogo após a declaração foi uma goleada do time sobre o Oeste por 4 a 0 pelo Campeonato Paulista, com atuações destacadas de Daniel Alves e Alexandre Pato.

Arnaldo Ribeiro analisa que o grande mérito do treinador desde sua chegada ao clube foi ter conseguido encaixar Daniel Alves como um jogador fundamental para o time. “O Fernando Diniz, talvez seja o principal mérito até agora no São Paulo, foi ter colocado o Daniel Alves numa posição em que não se imaginava”, afirma o jornalista.

Em análise de atuação relacionada ao custo dos jogadores do São Paulo, Mauro Cezar Pereira espera ver Daniel Alves atuando sempre no nível que apresentou nas últimas partidas, não bastando apenas jogar bem.

“Ele tem jogado bem, mas ele tem que jogar muito bem para justificar o alto investimento feito. Agora ele está começando a chegar nesse nível, e com liderança e tal, que é o que mais se espera dele. O Daniel não jogou mal no São Paulo, ele faz boas partidas, mas ele tem que fazer ótimas partidas. Ele tem que ser o comandante do time realmente, mas me parece que ele está caminhando nessa direção”, diz Mauro.

UOL

17 comentários

  1. Espero que o Fernando Diniz continue.
    Eu fui contra a demissão do Dorival Júnior.
    Eu fui contra a demissão do Aguirre.
    Eu sou fã incondicional do Rogério Ceni e espero que um dia ele volte.
    Eu também gosto do Cuca. O Cuca que fez um bom trabalho no São Paulo, Palmeiras, Botafogo, Fluminense, Atlético Mineiro.
    Me agrada em ver que a Direção do São Paulo está insistindo em Técnicos que buscam a posse de bola ou aqueles que buscam sempre o ataque (Osório, Rogério Ceni, Dorival Júnior, Cuca, Fernando Diniz).
    Pena que não estão ficando por muito tempo.
    Talvez o problema são as trocas constante de jogadores.
    O São Paulo monta um time por ano.
    Então até o Técnico implantar um estilo de jogo, ele já perdeu vários jogos e a consequência é a demissão.
    Mas vejamos 2020.
    O Técnico é o mesmo.
    O time é o mesmo.
    O Elenco é bom.
    2020 tomara que a gente saía do fila.
    Assim que voltar o Rojas, melhorando mais ainda o Elenco, quem sabe 2020 seja um ano bom para o São Paulo.

    • Eu concordo com o Mauro. Dani Alves tem um custo de jogador que carrega o time nas costas.
      Os números começaram a melhorar neste ano e o futebol também. Tem de jogar a maioria dos jogos muito bem mesmo. Aquele do ano passado, que ainda estava se adaptando, não valia nem R$500 mil de salário.

      Ainda assim acho que o SP não deveria ter alguém com esse salário na folha. Não pelo futebol que se joga no Brasil. O Marketing tem que explorar melhor a imagem dele, pois ele tem renome mundial. E nesse sentido o clube também está devendo.

  2. Logo que chegou, dizia se que Daniel podia jogar na lateral, volante ou ponta. É verdade que chegou a ser criticado e questionado se a ali seria a melhor posição, mas falar que não se imaginava? Talvez no caso dele, que estava mais preocupado em sentar a lenha no Diniz. E agora vem dizer que esse foi o maior mérito, minimizando o restante do trabalho realizado?

  3. Análises interessantes, tanto dos jornalistas principalmente do Arnaldo Ribeiro que sempre se mostrou contra a contratação do FD, como dos colegas de blog. Acho que aqueles muito entendidos que só viam coisas erradas, catástrofes após cada jogo, a série B é logo alí, comissões pra todo lado, estão dando um tempo. Ou desistiram de vez. Vamo SÃO PAULO….

    • Daniel Alves nunca foi questionado no futebol. Esses mimizentos que criticam no blog sao inexpressivos e oportunistas que se alem da ma fase do time pra crucificar os melhores do time. Que D. Alves e Diniz te ham vida longa o SP.

  4. Esse argumento de que os 1.5M que o Dani Alves recebe faz dele o salvador da pátria que tem que jogar de maneira excelente toda partida é bem ridículo. Esse é o salário compatível com um jogador que veio da Europa ainda em alto nivel e agora está jogando no Brasil. Foi por esse tipo de jogador que o SP pagou 1.5M milhão. Na Europa ele teria partidas boas e ruins como qualquer jogador, e aqui tambem terá. Na temporada de 2019/2020 ele poderia ter ficado num time de ponta europeu com o mesmo salário, mas nao teria um contrato longo pela idade.

    O investimento feito ele justifica honrando a camisa, com liderança, sendo profissional e diferenciado tecnicamente. Quer quer uma mistura de Messi e Cristiano Ronaldo deve estar bem decepcionado.

  5. Diniz não é convencional nas alterações.
    O time está ganhando padrão tático.
    Achei que estava implicando como o Pato, quando na verdade tirou ele da zona de conforto.
    Utiliza a base com os jogadores experientes.
    “Só” falta um título, para perder o status de iniciante e marcar época no tricolor.

  6. A análise é perfeita: o Daniel Alves de meia, qualifica a saída de bola e a chegada ao ataque! De lateral, seria injustificável R$ 1,5 milhão, mesmo no melhor lateral do mundo. Lembro do Serginho no SPFC, tínhamos um time que só atacava pela esquerda, mesmo tendo um elenco qualificado, coisa que não temos hoje.

  7. O São Paulo têm qui fechar mais patrocinadores master e o São Paulo ter mais dinheiro em caixa e o São Paulo ter mais dinheiro nos cofres do São Paulo ou um bilionario russo ou europeu comprar o São Paulo

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!